Zé Bigode Orquestra se junta a BNegão em single “Eles querem o poder” nesta sexta-feira (14)

Ana Silva
Ana Silva
4 min. para leitura

Em seu último single antes de lançar o segundo disco, a Zé Bigode Orquestra convoca a lenda do Rio de Janeiro e da música brasileira BNegão para lutar contra os falsos Messias e mercadores da fé que andam levando o Brasil para o abismo em “Eles querem o poder”. A faixa chega às plataformas digitais nesta sexta-feira (14), acompanhada de um clipe, gravado pelas ruas da zona portuária, pegando partes da Leopoldina e Zona Norte.

Assista aqui: https://www.youtube.com/watch?v=dUMJMv6qOno

Se em “Maria Navalha” a banda saúda a rua e suas entidades, nesta nova música a Orquestra fala sobre manter-se firme e não se deixar levar por pessoas que usam Igrejas como forma de dominação e poder político. “Os versos são curtos e diretos, a idéia é ser uma mensagem direta ao córtex do ouvinte” conta José Roberto autor da letra e da música.

Com influências diretas do reggae e do dub, estilos oriundos da Jamaica, o instrumental da faixa é pesado, guiado quase que inteiramente pelo riff do baixo. “O Baixo nessa faixa é como uma pedra fundamental, todo o resto da música é baseado nesse grave do riff”, conta Daniel Bento baixista do grupo.

Em cima desse groove pesado, marcado, também existe um swing que deixa o corpo com vontade de dançar e se mexer, a idéia central dessa faixa e do disco como um todo é justamente essa, pensar/refletir o mundo, porém sem deixar de dançar, a dança o swing como forma de contestar tudo isso que estamos vivenciando e vendo que não está funcionando, coisa que o convidado especial faz com maestria em toda sua carreira musical.

BNegão dispensa apresentações, chega quebrando tudo e adicionando toda sua vivência de quase 30 anos de carreira, com sua voz inconfundível, e no final lança a mensagem derradeira antes do fim catártico

A faixa é como um estalar de dedos nos olhos hipnotizados da sociedade, que por falta de oportunidades do estado acaba se apegando a pessoas com discursos rasos porém vendendo uma ideia de salvação.

Letra:

Não deixe que eles te levem

Eles querem o poder

 

Falsos profetas da fé

Continuam a ludibriar o povo

Representam a hipocrisia em todas as esferas

Enquanto os bolsos enriquecem os bolsos Não deixe que eles te levem

Selo Peneira Musical

Idealizado pela cantora, compositora e empresária Elisa Fernandes, a Peneira Musical (diverse lab) é um selo musical, subselo da Urban Pop, que conta com a distribuição da ADA (agregadora do grupo Warner). A Peneira Musical (diverse lab) é um laboratório de diversidade. Criado em 2020, tem a missão de potencializar – principalmente – a criatividade de mulheres, pessoas pretas e LGBTQIAP+ que se expressam através da música, com o objetivo de fazer com que esses artistas cada vez mais tenham suas vozes ouvidas e amplificadas, ocupando espaços que lhes foram negados por séculos. A Peneira Musical é Elisa Fernandes, Zerzil, Alexandra Pessoa, Choi, David Alfredo, Ana Sucha, Lienne, Maíra Garrido, Laura Canabrava, Fernando Procópio, Kristal Werner, Vittória Braun e Rafael Lorga, entre outros.



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo