Venda de carros: como a aplicação de películas e envelopamento valorizam o carro usado

Ana Silva
Ana Silva
4 min. para leitura
Venda de carros: como a aplicação de películas e envelopamento valorizam o carro usado

Como já sabemos, o carro é um dos itens mais cobiçados e esperados pelos brasileiros. Segundo pesquisa do Instituto Locomotiva, comprar um veículo é o sonho de 18% dos entrevistados, para o ano de 2022, atrás apenas de comprar um imóvel (24%) e viajar (19%). A procura é grande e o mercado de seminovos oferece muitas opções e, além das condições do veículo e das características do carro, itens como alarme, banco de couro e películas de vidro, aumentam ainda mais o valor na hora da revenda.

Um dos itens mais comuns e mais fáceis de achar nos carros é a aplicação de películas nos vidros, que oferece diversos benefícios, desde privacidade, até o controle de calor e também impede que as janelas se destrocem em caso de quebra, seja por acidente ou tentativa de roubo e furto. De acordo com a Associação Nacional das Empresas e Películas Protetoras (ANEPP), cerca de 13 milhões de veículos do país possuem a película protetora instalada.

Junior Ruciretta, CEO da Multifilmes, rede de franquias especializada na aplicação de película de alta performance automotiva e residencial, explica que a procura é grande e que até donos de carros novos preferem a aplicação imediata. “O brasileiro já se acostumou com os vidros dos carros com película. É uma exigência quase que obrigatória para qualquer comprador. Os motoristas se sentem mais confortáveis e seguros com os vidros um pouco mais escurosentretanto, vale lembrar que existem películas de diferentes transparências no mercado, possibilitando que cada cliente escolha o que melhor lhe agrada, sempre dentro do permitido pelos órgãos regulamentadores”, esclarece o especialista.

Outro acessório que atrai os compradores é o envelopamento, seja colorido ou incolor. Ruciretta justifica que, mesmo que o comprador não goste da modificação de cores, o envelopamento protege a pintura original, o que sugere que a lataria está em bom estado. “O envelopamento é uma ótima maneira de prolongar a aparência externa do veículo, protegendo do clima, de arranhões e de outros fatores externos que podem danificar a tinta. Além disso, o incolor agrega um brilho maior à pintura e isso valoriza muito na revenda”, completa.

Regulamentação

Os envelopamentos incolores podem ser feitos em poucas horas e não precisam de nenhuma alteração documental, pois além de proteger, mantêm a cor de fábrica registrada. Já os envelopamentos com cores, precisam passar por alteração na cor descrita no documento do veículo, junto ao Conatran, desde que a cor nova seja diferente da original e ultrapasse 50% da superfície do veículo.

O Brasil possui a sexta maior frota de veículos do mundo. Segundo o IBGE, são quase 108 milhões de automóveis circulando pelas estradas brasileiras. Por ano, são comercializados mais de 7,59 milhões de automóveis, segundo a Fenabrave. Para cada um veículo zero, são vendidos 6,5 usados.



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo