Um banho de otimismo para viver com entusiasmo

Ana Silva
Ana Silva
4 min. para leitura
Um banho de otimismo para viver com entusiasmo

A vida tem, em média, somente 960 meses. O que fazemos nesse intervalo de tempo é o que o espanhol Victor Küppers provoca a refletir no livro Negócio de Atitude: Aplicação imediata, lucratividade infinita. Originalmente lançada em espanhol, a obra ganha uma edição em português pela Editora Hábito.

Conhecido pelo bordão ‘viver com entusiasmo’, presente em cursos, palestras e aulas, Küppers constrói a narrativa do livro em torno de uma lição principal: não existe ocupação mais importante do que aprender a viver.

Já no primeiro capítulo, o espanhol faz um convite à ação. Sugere que os propósitos estabelecidos ao ler um livro como o dele sobre atitudes positivas não fiquem só no campo da teoria, ou de um plano intangível. “É melhor você se propor a fazer duas coisas e cumprir pelo menos uma delas”, diz.

O senso de humor com que apresenta as ideias é também uma das principais dicas de Küppers para que o leitor exercite o ‘saber viver’. O otimismo, a gratidão, a humildade, a atenção plena. Os ensinamentos, diluídos em 29 capítulos, passam por coisas que, como ele mesmo diz, todo mundo sabe, mas essa não é a questão.

 Tudo o que explico você já sabe, mas não se pergunte se você sabe ou não; o que você deveria se perguntar é se você põe ou não em prática o que sabe. A diferença entre os craques e os medíocres não está no saber; está em fazer. Isso é o importante; o ato de fazer é o que faz você mudar. Já dizia Chesterton que precisamos que nos lembrem das coisas, mais do que simplesmente que as ensinem. (Negócio de Atitude, p. 20)

Assim como Chesterton, Victor Küppers recorre a pensadores clássicos como Sêneca e Tolstói para ajudar o leitor a refletir sobre como dar mais sentido à vida. Decidir que tipo de pessoa quer ser e que tipo de vida quer ter; lutar para conseguir chegar lá, e fazê-lo com alegria são os principais ensinamentos deixados por Negócio de Atitude.

Ficha técnica
Livro: Negócio de Atitude – Aplicação imediata, lucratividade infinita
Autor: Victor Küppers
Editora: Hábito
ISBN: 978-65-994789-9-4
Formato: 21×14 cm
Páginas: 224
Preço: R$ 42,90
Onde encontrar: Martins Fontes

SinopseNegócio de Atitude tem como objetivo levar você a pensar no sentido da vida de uma forma agradável e clara, além de ajudá-lo a organizar ideias, priorizar e tomar decisões — tudo isso devido à sua abordagem próxima e prática. Valorizamos as pessoas pelo que são, por suas atitudes, não por conhecimento, qualificação ou experiência. As pessoas não nos apreciam pelo que temos, mas nos apreciam por quem somos. Negócio de atitude ajudará você a perceber que o mais importante na vida é que o mais importante seja de fato o mais importante; há a necessidade de focar em lutar, não em chorar; em fazer, não em reclamar. Hoje mais do que nunca é preciso desenvolver alegria e entusiasmo para se recuperar valores como gentileza, gratidão, generosidade, perseverança e integridade. Resumindo, este é um livro sobre valores, virtudes e atitudes diante da vida, porque ser grande é uma forma de ser.

Um banho de otimismo para viver com entusiasmoSobre o autor: Victor Küppers é entusiasta por despertar o melhor nas pessoas, casado e pai de dois filhos, nasceu em Eindhoven (Holanda) e vive em Camprodon (Espanha). É formado em Administração de Empresas e doutor em Ciências Humanas. Professor da Universidade de Barcelona e da Universidade Autônoma de Barcelona, colaborou com a ESADE e a Universidade de Navarra. Trabalhou como professor assistente no IESE e como vice-presidente do Barna Consulting Group. Deu conferências nas maiores empresas do mundo e publicou quatro livros corporativos e de entusiasmo. Sua frase favorita é: “Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem que ela se sinta um pouco melhor e mais feliz”.

Sitehttp://www.kuppers.com/
www.editorahabito.com.br
Redes sociais: Instagram | Twitter



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo