The Perfect Thing: GASP retrata afeto e partida em novo videoclipe

Ana Silva
Ana Silva
2 min. para leitura

“Quem ama, deixa partir e torce pelo melhor”. Nada resumiria melhor o novo single da banda GASP: The Perfect Thing. A canção frisa que o bom anseio nem sempre condiz com aquilo que é de fato para nós enquanto se remete ao post punk e à musicalidade alternativa.

Ouça “The Perfect Thing” via Spotify

No videoclipe, que tem direção de Diogo Fleury, a dança serve de linguagem para representar um relacionamento intenso que não funciona como o esperado – apesar do esforço mútuo. As imagens foram captadas por Victor Souza.

The Perfect Thing também aponta uma nova faceta da GASP. Anteriormente neste ano, o grupo divulgou a faixa  Your Lie, onde despontou com uma sonoridade pesada e um videoclipe divertido. Agora, no entanto, a banda aposta em um contexto mais pop e melancólico.

Assista o videoclipe de “The Perfect Thing” via Youtube

Para chegar nessa sonoridade, a GASP trabalhou com o produtor Rodrigo Andrade (Hellbenders) e contou com a mixagem de Alexandre Capilé. A masterização foi feita por Alberto De Icaza, que trabalhou diretamente de Austin, Texas, nos Estados Unidos.

The Perfect Thing: GASP retrata afeto e partida em novo videoclipe

Arte da capa por  Enzo Sanchez

O vocalista, guitarrista e tecladista da GASP, Gustavo Garcia, destaca que a letra aborda um eu-lírico que precisa aprender a lidar com o término. “É sobre aceitar a partida. Entender que é melhor seguir em frente e torcer pela felicidade de uma pessoa, não significa que estamos deixando de amá-la. Muito pelo contrário”

Além de Gustavo, a banda é formada pelos músicos Gabriel Cabral (guitarra), Lucas Tomé (baixo) e Matheus “Tiozão” Avelar (bateria). Em The Perfect Thing, a GASP conta com a participação especial de um coral formado pelos cantores Gabriel Lisboa, Jailma Oliveira, Roberta Moro, Wilson da Silva e Maeva Garcia. A faixa é um lançamento do selo Musikorama Music Entertainment e da gravadora New Music.



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo