Saúde distribui protetor solar para albinos residentes em Ilha de Maré

Ana Silva
Ana Silva
3 min. para leitura
Saúde distribui protetor solar para albinos residentes em Ilha de Maré

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) realizou uma ação de distribuição de protetor solar fator 60 para a comunidade de albinos que residem nas localidades de Bananeira e Martelo, na ilha de Maré. O objetivo é evitar complicações pela exposição ao sol sem a devida proteção, principalmente nessa época do ano.

Devido à falta da proteção natural da pele contra os raios ultravioletas do sol, as pessoas com albinismo necessitam do uso constante do protetor solar. No total, cada indivíduo receberá cinco frascos para uso mensal. Os mesmos serão cadastrados no sistema da SMS para o recebimento gratuito contínuo do produto.

“A aplicação diária do protetor solar na pele pelos albinos é fundamental para ajudar esses cidadãos a terem uma vida normal, principalmente nas ilhas, que são regiões quentes. A disponibilidade gratuita desse produto, geralmente caro, é um ganho para a qualidade de vida dessas pessoas”, pontuou o titular da SMS, Leo Prates.

Os residentes em Salvador têm acesso ao produto durante todo o ano. Para tanto, os albinos devem comparecer na sede da SMS, na Rua da Grécia, 3, Comércio, munidos de documentos para abrir o processo de cadastramento. É necessário apresentar carteira de identidade, CPF, Cartão SUS, comprovante de residência em nome do paciente, relatório médico com CID e receita médica emitidos, no máximo, há três meses.

Depois disso, a área técnica faz a avaliação dos dados e registra o nome do beneficiário no sistema. Os pacientes com processo deferido são encaminhados quinzenalmente para retirar o protetor solar no Multicentro de Saúde Carlos Gomes na Rua Carlos Gomes, no Centro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h. São fornecidos, por mês, um total de oito frascos para os pacientes adultos, enquanto que as crianças recebem quatro frascos. Atualmente, 116 pacientes estão cadastrados no sistema.

 

Albinismo – O albinismo é um distúrbio congênito que se caracteriza pela ausência total ou parcial da melanina, pigmento responsável pela coloração da pele, pelos e olhos. Os portadores de albinismo enfrentam o risco de desenvolver câncer de pele e cegueira, por conta da exposição solar direta ou indireta. É recomendado aos albinos o uso de óculos escuros, chapéu, sombrinha e protetor solar constantemente, além de fazer visitas periódicas ao oftalmologista e dermatologista.

Foto: Ascom/SMS



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

MARCADO:
Compartilhe este artigo