Salvador e Portugal iniciam parceria para elaboração de projetos sociais

A elaboração de projetos sociais e combate à pobreza motivará ações de cooperação entre Salvador e Portugal. A medida foi iniciada neste sábado (11), durante visita da comitiva portuguesa à capital baiana.

O encontro ocorreu no Palácio Thomé de Souza, no Centro, com as presenças da vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos; da ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva; do embaixador de Portugal em Brasília, Luís Faro Ramos; e do cônsul-geral de Portugal na Bahia, Jorge Fonsêca. A ação fez parte da celebração pelo Dia de Portugal (10 de junho).

No encontro, foram propostas iniciativas de aproximação a partir das temáticas comuns, com ênfase na área social e cooperação internacional. Sob a liderança da ministra da Presidência, Portugal lançou a Estratégia Nacional de Combate à Pobreza 2021-2030, um instrumento que visa concretizar uma abordagem multidimensional e transversal de articulação das políticas públicas tendo em vista a erradicação da pobreza.

Neste contexto, a vice-prefeita de Salvador falou sobre as iniciativas da área social desde 2013 e foi convidada a participar da agenda oficial nas cidades de Matosinhos e Lisboa, para construir conjuntamente projetos voltados para a área. “Brasil e Portugal são países-irmãos e será uma honra para nós de Salvador, que avançamos tanto nas políticas sociais nos últimos anos, poder dividir as nossas experiências e trabalhar conjuntamente com os portugueses para avançarmos juntos”, declarou Ana Paula Matos.

Após conhecer a lógica administrativa do Escritório de Governança Social e, também, a atuação do Escritório de Cooperação Internacional, a ministra da Presidência  parabenizou pela iniciativa e destacou a importância da participação soteropolitana na construção de mais políticas públicas.

“Nós também percebemos a necessidade de integrar verdadeiramente todas as áreas para realizar os trabalhos pelo social. Sem essa estratégia conjunta, não conseguiríamos combater as origens da pobreza. Com esta pandemia e com o aumento do desemprego, os indicadores sociais pioraram em todo o mundo. Por isso, é tão necessário esse trabalho em conjunto e tenho a certeza que colheremos bons frutos através dessa parceria com Salvador”, afirmou Mariana Vieira da Silva.

Redução da pobreza – A estratégia portuguesa apresentada na reunião tem entre os objetivos a redução da taxa de pobreza para 10% da população, o que significa retirar 660 mil pessoas dessa situação até 2030. A meta do governo português é de reduzir para metade a pobreza das crianças, o que significará retirar 170 mil crianças desta condição durante o mesmo período de tempo. Foram definidos seis eixos prioritários de intervenção, em estreita articulação com o Pilar Europeu dos Direitos Sociais e com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030.

Também estiveram no encontro o chefe de Gabinete da Prefeitura, Francisco Elde, as assessoras do Escritório de Cooperação Internacional, Luara Dantas e Cíntia Martins, além da embaixatriz Maria Cristina Ramos e Miguel Cabrita, chefe de Gabinete da Secretaria de Estado da Proteção Civil de Portugal.

Fotos: Adam Vidal/Segov


*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Ana Silva
"Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você. Cynthia Kersey Bem, isso resume meu 2022 :)