Rionegro e Solimões lançam “Frio da Madrugada”, clássico tem participação com Jorge e Mateus

Angelo Peterson
6 min. para leitura

Setembro promete ser um dos meses mais icônicos da música brasileira de 2022. Isso porque Rionegro e Solimões lançarão nos aplicativos de música, na quinta-feira, dia 15, às 21h, um dos maiores clássicos da carreira em uma nova versão, “Frio da Madrugada”. O hino terá a participação especial de Jorge e Mateus e o clipe chegará nas plataformas digitais no dia seguinte (16), às 11h.

Assemelhada à lançada em 1998, composta por Pinocchio, a canção carimba a parceria de dois grandes medalhões, Rionegro e Solimões cantando junto com Jorge e Mateus, um registro histórico e com certeza vai mexer com as emoções dos fãs da música sertaneja. Quantos e quantos romances já começaram e terminaram ao som de versos como: “O frio da madrugada já surrou meu corpo. Nesta cidade quase fiquei louco. Saudade é fogo e vai queimando aos poucos o coração”.

“Frio da Madrugada” faz parte do projeto “A História Continua”, primeiro registro audiovisual feito nos últimos 18 anos – gravado em Goiânia (GO). O álbum reúne músicas inéditas e grandes sucessos da carreira, contando com participações especiais de grandes nomes do sertanejo, Gusttavo Lima, Jorge & Mateus e Henrique & Juliano.

Com 18 (dezoito) faixas, que alternam entre inéditas e sucessos de carreira, Rionegro e Solimões escalaram um time de peso para atuar nos bastidores. A direção de vídeo foi assinada por André Caverna, da Caverna Filmes, a produção musical ficou a cargo de uma referência no meio musical, Junior Melo e a produção executiva comandada pela Mega Produções Artísticas – Cláudio Roberto e Manolo Boaventura.

Este DVD trouxe diversos hits que caíram no gosto popular, como “Saudade Atemporal” “Vida de Cão”, mas “Saudade de Ex”, lançada em maio deste ano e que também  conta com participação de Jorge e Mateus, ganhou destaque viral importantíssimo nas redes sociais, além de incontáveis fanvídeos no TikTok.

A faixa, que é um bailão apaixonado, traz uma letra que é a pura realidade de muitas e muitas pessoas: “Quem tem saudade de ex, ainda gosta demais. Não bebe uma cerveja em paz. Dá uns gole, fica tonto, sente falta e vai atrás”. A composição é de Diego Silveira, Kito, Rafael Borges, Elcio de Carvalho e Junior Pepato.

A música é hoje uma das mais ouvidas do Spotify Brasil, ultrapassando a marca de 11 milhões de players no aplicativo, emparelhando com os maiores clássicos da dupla, “Peão Apaixonado”, com 14 milhões cada.

“Saudade de Ex” é também destaque nos “Em Alta” do YouTube, ultrapassando a marca de 20 milhões de views. Aliás, falando nesta plataforma, a  dupla “ligou o turbo” e deu uma grande arrancada com o lançamento do álbum. Só em 2022 os sertanejos conquistaram mais de 80 milhões de visualizações no canal graças aos clipes do projeto, totalizando 400 milhões de players no YouTube/RioNegroESolimoes.

No offline, a situação não é diferente. A ConectMix, uma das mais importantes empresas de audiência de rádio, carimba a canção  “Saudade de Ex” como a segunda música mais executada nas emissoras do Brasil. Sua concorrente, a Crowley dá o mesmo dado e coloca a faixa como as três mais tocadas em território nacional, destacando que Rionegro e Solimões são um dos 5 (cinco) artistas mais executados nas rádios nos últimos tempos.

Rionegro e Solimões tem 33 anos de carreira, entre coletâneas e registros de sucesso, eles somam mais de 400 músicas gravadas, 19 CDs e 5 DVDs. Nestes anos, já subiram no palco mais de 9.000 vezes, venderam mais de 15 milhões de cópias e bateram recorde de público em festas de peão. Como reconhecimento, receberam dezenas de discos de ouro, prata, platina e platina dupla. Eles foram os segundos artistas nacionais a gravarem um DVD no Brasil. O primeiro foi Caetano Veloso. Alguns de seus sucessos fizeram parte da trilha sonora das novelas Laços de Família (“Peão Apaixonado”, 2000), Cabocla (“Floresce”, 2004), América (“Na Sola da Bota”, 2005) e A Favorita (“Vida Louca”, 2008).

 

Frio da Madrugada – Rionegro e Solimões com participação de Jorge e Mateus (compositor: Pinocchio)

Sei que você quer voltar

Quem sou eu pra recusar?

O amor supera tudo

Preciso do teu olhar

Não tenha medo da sorte

Ela não vai castigar

Quem ama sempre perdoa

Por isso vou perdoar

O frio da madrugada já surrou meu corpo

Nesta cidade quase fiquei louco

Saudade é fogo e vai queimando aos poucos

O coração

Sozinho na madrugada, já briguei com a sorte

Falei com meu Deus, por que não mande a morte?

Sem esse amor

Nada mais importa, a vida perde a razão

Não tenha medo da sorte

Ela não vai castigar

Quem ama sempre perdoa

Por isso vou perdoar

O frio da madrugada já surrou meu corpo

Nesta cidade quase fiquei louco

Saudade é fogo e vai queimando aos poucos

O coração

Sozinho na madrugada, já briguei com a sorte

Falei com meu deus, por que não mande a morte?

Sem esse amor

Nada mais importa, a vida perde a razão

O frio da madrugada já surrou meu corpo

Nesta cidade quase fiquei louco

Saudade é fogo e vai queimando aos poucos

O coração

Sozinho na madrugada, já briguei com a sorte

Falei com meu Deus por que não mande a morte?

Sem esse amor

Nada mais importa, a vida perde a razão

 

Compartilhe este artigo
Seguir:
"Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu. Sarah Westphal
Sair da versão mobile