Raça Negra conclui o lançamento do audiovisual “O Mundo Canta Raça Negra”

Ana Silva
Ana Silva
8 min. para leitura
Raça Negra conclui o lançamento do audiovisual "O Mundo Canta Raça Negra"

Nesta sexta-feira, 08 de julho, o Raça Negra lançou a última parte do audiovisual “O Mundo Canta Raça Negra”, gravado em março, na Arena Petry, em Florianópolis. As últimas 7 canções se unem às 16 faixas já divulgadas anteriormente e completam o álbum que contou com as participações de Tierry, Joey Montana, Dilsinho, Anselmo Ralph, Jorge e Mateus e Juliana Paes.

Streaming “O Mundo Canta Raça Negra” – https://ffm.to/omundocanta_album

Vídeo ‘A Mesma Aliança’ part. Jorge e Mateus – https://www.youtube.com/watch?v=5iLlYtfEB18

O destaque desta última etapa fica para a inédita “A Mesma Aliança”, parceria com a dupla Jorge e Mateus que está presente também no pot-pourri “Só Com Você/Preciso Ter Alguém”. “Há muito tempo eu tinha essa vontade de gravar algo com a dupla Jorge e Mateus. Nós já nos cruzamos muitas vezes pelas estradas desse brasilzão, mas nunca tínhamos colocado o plano em prática. Dessa vez deu certo. Eles são artistas incríveis e tê-los comigo em duas faixas desse projeto foi muito especial”, conta Luiz Carlos.

Outro momento especial foi a participação de Juliana Paes dançando lindamente a faixa “Cheia de Manias”, trilha sonora da protagonista Maria da Paz, na novela “A Dona do Pedaço” exibida pela Rede Globo em 2019. Embarcando no astral de Juliana Paes, a atriz também foi convidada para ser a musa de uma das canções inéditas do álbum: “Tititi Lelele”.

“A Juliana Paes é uma força da natureza! Além de ser uma mulher lindíssima e extremamente talentosa no que faz, ela é alto astral e emana luz por onde passa. Foi lindo vê-la brilhando ainda mais no nosso palco”, fala Luiz Carlos.

Concluem o projeto a também inédita “Mudar Pra Que” e as regravações “Jeito Felino” e “Volta Pra Ela/E Agora”. As canções estão disponíveis em todas as plataformas de áudio pela Som Livre e o vídeo de ‘A Mesma Aliança’ já pode ser visto no canal oficial do Raça Negra no YouTube. No decorrer dos próximos dias os clipes das outras faixas serão compartilhados na plataforma de vídeo.

O repertório do novo DVD viajou pelos 39 anos do Raça Negra. Ao todo foram captadas 23 faixas, entre elas sete canções inéditas. No palco, Luiz Carlos, 24 músicos e bailarinas que desfilavam lindas coreografias, acentuavam ainda mais a beleza da cenografia e iluminação do espetáculo. Realizado pela Som Livre em umprojeto 360º, um mini-documentário sobre a banda, com os bastidores do projeto e cenas marcantes da carreira do Raça Negra, chega também nesta sexta-feira (08) nos perfis oficiais do Raça Negra no Instagram e no TikTok.

 

Álbum O Mundo Canta Raça Negra

1 – Inquilino part. Tierry (Vinicius Leão, Anderson Toledo, André Freire)

2 – Tempo Perdido (Luiz Carlos)

3 – Te Quero Comigo (Antonio Carlos de Carvalho, Gabú)

4 – Tarde Demais (Luiz Carlos, Elias Muniz)

5 – A Culpa é Sua (Fabiano de Paul, Sergio de Paula, Vinícius Leão)

6 – Ainda Amo Você (Elias Muniz, Juliana Bandeira) /Oi (Estou Te Amando) – (Édson Café, Gabú, Luiz Carlos) – part. Joey Montana

7 – Estou Mal (Luiz Carlos, Antonio Carlos de Carvalho) /Sozinho (Luiz Carlos, Elias Muniz) /Volta (Luiz Carlos)

8 – Deus Me Livre (Carlos Eduardo, Ataíde e Alexandre, Darci Rossi e Serginho Sol)

9 – Mão Só de Ida part. Dilsinho (Allan Caramaschi/Éder Brandão/Luiz Carlos)

10 – Me Leva Junto Com Você (Luiz Carlos)

11 – Cigana (Gabú)

12 – Maravilha part. Anselmo Ralph (Luiz Carlos/Elias Muniz)

13 – Transplante (Rafael Augusto/Murilo Huff/Ricardo Bismarck/Ronael/Jean Carlos/Elias Costa)

14 – Quando Te Encontrei (Luiz Carlos/Gabú)

15 – Perdi Você (Luiz Carlos/Gabú)

16 – Como Não Olhar (Luiz Carlos/Elias Muniz)

17 – A Mesma Aliança part. Jorge e Mateus (Vinícius Leão, Fátima Leão, Allan Caramaschi)

18 – Cheia de Manias part. Juliana Paes (Luiz Carlos)

19 – Só Com Você (Antônio Carlos de Carvalho /Aroldo Alves Sobrinho) /Preciso Ter Alguém part. Jorge e Mateus (Luiz Carlos / Elias Muniz)

20 – Jeito Felino (Gabú)

21 – Volta Pra Ela (Antonio Carlos de carvalho/ Luiz Carlos/ Manoel N Pinto/ Waldyr Luz) /E Agora (Luiz Carlos / Elias Muniz)

22 – Mudar Pra Que (Xande de pilares, Luiz Carlos, Elias Muniz)

23 – Tititi Lelele part. Juliana Paes (César Augusto, Luiz Carlos)

 

O MUNDO CANTA RAÇA NEGRA

 

Direção executiva: Allan Caramaschi

Direção geral e artística: Luiz Carlos e Allan Caramaschi

Direção de Vídeo: AT+G Produções e Anselmo Trancoso

Produção musical: Vinícius Leão, Anderson Toledo e Caixote

 

RAÇA NEGRA

 

Desafiar o tempo com suas canções é uma das principais característica do Raça Negra e só um projeto grandioso como esse poderá ser capaz de celebrar o sucesso de uma das bandas mais queridas do Brasil.

Há 39 anos o Raça Negra segue sendo um fenômeno. Suas músicas tornaram-se atemporais e transitam por todos os públicos e gerações. Formado em São Paulo, em 1983, o grupo foi pioneiro no segmento do samba romântico, sendo o primeiro a tocar em uma rádio FM. Responsável pela popularização do gênero nos meios de comunicação, o Raça Negra emplacou um hit atrás do outro e até hoje segue atraindo público e mídia.

Em 1990 a banda emplacou inúmeros sucessos como “Cigana”, “Doce Paixão”, “Cheia de Manias”, entre outros, e deu início a era do samba paulista, que invadiu as rádios populares. O sucesso se manteve por boa parte da década e, na ocasião, a banda chegou a ter o maior cachê cobrado por um show nacional.

A canção “É Tarde Demais” está no Guinness (livro dos recordes) como a música mais tocada em um único dia no mundo: 600 vezes em 20 de julho de 1995. O Raça Negra abriu as portas para o sucesso de muitos grupos que vieram depois deles, beneficiando não só eles, mas todo o segmento, inclusive carreiras já existentes.

Hoje, com a era da tecnologia, redes sociais e streamings, o Raça Negra alcançou números ainda mais expressivos. São 23 milhões de ouvintes e 580 milhões de plays no Spotify, mais de 100 milhões de plays na canção “Cheia de Manias”, 12 milhões de seguidores nas redes sociais, 1.1 bilhão de visualizações no YouTube e 120 milhões de views com a hashtag #RacaNegranoTiktok.

 



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo