Quatro dicas para fazer compras on-line com mais segurança

Ana Silva
Ana Silva
3 min. para leitura
Quatro dicas para fazer compras on-line com mais segurança

Uma pesquisa divulgada pela ConQuist Consultoria apontou que 71% dos entrevistados aderiram às compras on-line com a pandemia. Os bons preços, a comodidade e a segurança foram alguns dos motivos que incentivaram muitas pessoas a cadastrarem seus cartões em lojas virtuais e movimentarem mais de R$ 80 bilhões pelo e-commerce durante o primeiro ano da crise sanitária causada pelo coronavírus, segundo levantamento da Ebit/Nielsen.

Apesar dos baixos índices de fraude na modalidade, é muito importante ser cuidadoso na hora de cadastrar informações bancárias em sites. Wesney Bolzan, Head of Cyber Security da NAVA Technology for Business, empresa especialista em serviços e soluções completas para todo o ambiente de TI, afirma que estar atento aos pequenos detalhes pode garantir uma experiência mais satisfatória e segura. “O varejo on-line tem preços atrativos e promoções que encantam o consumidor. Ter o dobro de cuidado é extremamente necessário para garantir uma compra sem grandes dificuldades e à prova de golpes cibernéticos.”

Abaixo, ele dá 4 dicas para garantir maior segurança durante as compras on-line:

Desconfie de anúncios irreais 

Apesar de lojas virtuais apresentarem ótimas promoções, é importante ficar sempre atento às ofertas muito absurdas. “É impossível o consumidor encontrar o melhor modelo de smartphone do ano, que custa mais de cinco mil reais, por uma quantia muito abaixo do mercado”, explica Wesney. De acordo com o Head de Cibersegurança da NAVA Technology for Business, desconfiar de descontos exorbitantes é sempre um ótimo primeiro passo.

Busque pela avaliação de outros consumidores

Procure sempre ler as avaliações e os comentários de outros usuários sobre a loja em questão. É preciso que haja esse double check para garantir que seja seguro cadastrar dados pessoais,  como endereços e números de cartões. Além da experiência de outros clientes, é interessante buscar mais detalhes e valores dos produtos em outros e-commerces.

Fique de olho no canal de comunicação utilizado

Muitos golpes são aplicados por meio de anúncios que chegam por e-mail ou SMS. Portanto, é muito importante que o consumidor confira a veracidade das promoções nos sites oficiais e não só nos anúncios veiculados nas redes sociais. Além do cliente ser direcionado para domínios não confiáveis, ainda há risco dos links divulgados conterem vírus e malwares.

Confira a veracidade do site

Outro método utilizado para aplicar golpes é a recriação de sites de grandes empresas. Bolzan explica que, para verificar a veracidade de um site, os navegadores possuem o símbolo de cadeado ao lado do link, simbolizando a segurança criptografada entre loja e consumidor. Essa validação é atribuída por meio de certificados dados por empresas de cibersegurança e tecnologia que, justamente, analisam a qualidade e segurança daquele servidor.

 



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo