PT estadual e municipal e repudiam violência contra a mulher

Ana Silva
Ana Silva
2 min. para leitura
PT estadual e municipal e repudiam violência contra a mulher

O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de Santo Estêvão, juntamente com a Secretaria Estadual de Mulheres do PT da Bahia, ficou estarrecido com a morte de Jéssica Regina Macedo do Carmo e seu filho, ainda em gestação, no dia 05 de fevereiro. Jéssica foi casada com George Breu, chefe de gabinete do Governo Municipal.

Dada a cultura machista vigente no sistema patriarcal, as mulheres têm suas vivências marcadas pela violência. Essas circunstâncias atravessam gerações a partir da naturalização e invisibilidade de diversos casos.

Historicamente, no PT, travamos uma luta constante contra o machismo, que utiliza das violências física, psicológica, patrimonial, moral e sexual como iniciativas de coação e controle da vida das mulheres. Deste modo, condenamos todo e qualquer tipo de violência, sobretudo contra as mulheres.

Desde nossa fundação, o PT defende e luta por uma sociedade com igualdade de gênero. Temos uma trajetória de fortalecimento da luta das mulheres e construção efetiva da paridade na participação e decisões dos rumos do partido, como estratégia para enfrentamento ao patriarcado e ao machismo, seja na luta social, seja nas instâncias partidárias.

Aguardamos a elucidação dos fatos pela polícia e o cumprimento da justiça. Reforçamos o compromisso do nosso partido com as políticas de proteção à vida, fortalecimento e ampliação da rede de atendimento às mulheres vítimas de violência. Informamos, ainda, que George Breu teve o seu registro de filiação suspenso até a elucidação dos fatos.

Por fim, apresentamos nossos sentimentos aos familiares e amigos de Jéssica. Lamentamos profundamente a sua prematura partida e a de seu filho e nos solidarizamos com todas as mulheres que sofrem violência cotidianamente em nosso país.



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo