Pimenta caiena acelera o metabolismo e ajuda a reduzir o apetite

Ana Silva
Ana Silva
3 min. para leitura
Pimenta caiena acelera o metabolismo e ajuda a reduzir o apetite

De tempos em tempos, algum ingrediente é apontado como aliado da saúde, como é o caso da pimenta caiena. O condimento é um ingrediente versátil que pode ser encontrado em receitas doces e salgadas, além de ser usado na composição de alguns suplementos e cápsulas por apresentar efeito termogênico – que aumenta a produção de calor no corpo, ajudando na queima de calorias e na redução do apetite.

“A pimenta caiena possui uma alta concentração de capsaicina quando comparada às outras pimentas. A substância é um composto bioativo que além de antioxidante estimula o metabolismo, gerando o aumento da termogênese e assim, o estímulo à queima de gordura corporal”, explica a nutricionista Alessandra Luglio.

Na culinária, a especiaria é usada para temperar alimentos, como carne, frango, peixe, salada, arroz, sopa, caldos, molhos e omeletes. Uma outra opção de consumo é na  forma de suplementação, a exemplo do UltraCoffee da linha Plant Power SuperFoods, desenvolvido pela A Tal da Castanha.

Antes de entrar no mercado, a nova marca escutou por meses vários consumidores em potencial e ouviu a opinião de nutricionistas para incluir na composição ingredientes prioritariamente íntegros que tivessem efeito imediato no metabolismo. O suplemento natural ainda conta com a presença de ingredientes como o café, o gengibre e a canela que possuem ação termogênica, potencializando o metabolismo de forma sinérgica, auxiliando na queima de gordura corporal.

A nutricionista Alessandra Luglio, que também é consultora da marca, participou de todas as etapas do desenvolvimento do produto, ela explica que o produto auxilia na manutenção da forma física potencializando resultados satisfatórios, mas os benefícios vão além. “A combinação de ingredientes também é capaz de  otimizar a performance esportiva e produzir efeitos expressivos na função cognitiva, principalmente nos dias de maior desgaste mental”, esclarece.

O que mais pode ser feito para melhorar o metabolismo?

A ingestão de suplementos não garante o emagrecimento. É preciso ter acompanhamento nutricional, além de uma dieta equilibrada com a presença de atividades físicas. E não se esqueça da hidratação. A regra é consumir – ao menos –  dois litros de água por dia para manter o corpo em pleno funcionamento. Refletir sobre o que comemos é muito importante, assim como ter disciplina para que possamos ter momentos de prazer.



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo