“Notas Brasileiras” une Adylson Godoy, Dino Galvão Bueno e Theo de Barros

Nathália Pandeló
Nathália Pandeló
5 min. para leitura
"Notas Brasileiras” une Adylson Godoy, Dino Galvão Bueno e Theo de Barros

Amizade que transparece a cada acorde, sintonia que brota a cada verso. É assim o encontro de Adylson Godoy, Dino Galvão Bueno e Theo de Barros, três nomes que deixam, há décadas, suas marcas na música nacional. Em um projeto inédito, eles se unem aos filhos músicos Adriana Godoy, Anita Galvão Bueno e Ricardo Barros para um encontro de gerações. O resultado é “Notas Brasileiras”, álbum lançado digitalmente que ganha em breve o formato físico. Para celebrar esse momento especial, o show “Notas Brasileiras” chega ao YouTube da PiÔ, mesclando música e entrevista.

Assista ao show: https://youtu.be/zfxlSIDA6pc

Nesta apresentação, o sexteto faz um bate-papo musical entremeado com algumas canções do disco e outras pérolas do repertório de composições autorais de Adylson, Dino e Theo, próprias e parcerias, sendo algumas já conhecidas do público e outras inéditas. 

Ouça “Notas Brasileiras”: https://tratore.ffm.to/notasbrasileiras-album 

Amigos de longa data e compositores desde o surgimento da Bossa Nova e da era dos festivais, Adylson, Dino e Theo transformaram sua amizade de seis décadas neste lançamento sem precedentes para os três artistas. Eles têm em comum a experiência de participar ativamente da construção do que ficou conhecido como MPB. Os músicos tiveram suas carreiras estabelecidas na capital paulista e, desde meados dos anos 60, suas trajetórias se cruzam e complementam. Seus créditos incluem composições, gravações e shows com nomes como Elis Regina, Jair Rodrigues, Clara Nunes, Johnny Alf, Edu Lobo, Hermeto Pascoal e muitos outros.

O repertório de “Notas Brasileiras” tem composições consagradas de Godoy, Galvão Bueno e Barros, e traz também colaborações entre eles e outros parceiros (Daltony Nóbrega, Geraldo Vandré, José Carlos Costa Netto, Paulo César Pinheiro e Sérgio Lima), além de lançar cinco canções inéditas. Toda a lista de faixas foi escolhida pelos seis, pais e filhos, envolvidos no projeto.

Com novos arranjos, direção musical de Ricardo e a contribuição de Adriana e Anita, “Notas Brasileiras” se coloca como um resgate de uma época da música brasileira de maneira intimista e afetuosa, numa conversa entre amigos, nos ensinamentos de pais para filhos. 

Agora, com o show e a entrevista, estes dois mundos se encontram de vez: o musical e o da história da nossa música. O próximo passo será o lançamento da versão física do álbum. Enquanto isso, é possível ouvir “Notas Musicais” nas principais plataformas e, agora, assistir a esta apresentação intimista em clima familiar.

Crédito da foto: José de Holanda

Músicas: 

CANOA GRANDE (Theo de Barros e Paulo César Pinheiro)

TRISTEZA QUE SE FOI (Adylson Godoy)

MENINO DAS LARANJAS (Theo de Barros)

CANTO DO MORRO (Dino Galvão Bueno) 

RANCHO QUE NÃO VOLTA MAIS (Dino Galvão Bueno e Sérgio Lima)

DISPARADA (Theo de Barros e Geraldo Vandré)

É DEMAIS SONHAR VOCÊ (Adylson Godoy)

PRECE A CHUVA (Adylson Godoy)

SOU SEM PAZ (Adylson Godoy)

SAIDEIRA (Dino Galvão Bueno e Daltony Nóbrega)

Ficha técnica

MÚSICOS E PRODUÇÃO ARTÍSTICA: 

ADYLSON GODOY – voz e piano 

DINO GALVÃO BUENO – voz e violão 

THEO DE BARROS – voz e violão 

ADRIANA GODOY – voz 

ANITA GALVÃO BUENO – voz 

RICARDO BARROS – voz, viola caipira e guitarra 

ARRANJOS – Adylson Godoy, Ricardo Barros e Theo de Barros 

DIREÇÃO E PRODUÇÃO MUSICAL – Ricardo Barros 

CONCEPÇÃO DO PROJETO – Anita Galvão Bueno 

PRODUÇÃO ARTÍSTICA – Adriana Godoy 

FIGURINO ANITA – ByAna Brasil 

PRODUÇÃO TÉCNICA: 

REALIZAÇÃO – PiÔ – produção e projetos 

PRODUÇÃO EXECUTIVA – Leonardo Escobar 

ASSISTÊNCIA DE PRODUÇÃO – Nathalia Meyer 

ENTREVISTA – Fernando Lichti Barros 

ILUSTRAÇÃO VINHETA – Ricardo Barros 

IDENTIDADE VISUAL E PROJETO GRÁFICO – Vitória Proença – 229visuais 

ABERTURA – Estrela Guia (Dino Galvão Bueno/ Adylson Godoy) – faixa do disco Notas Brasileiras (2022) 

EQUIPE ESTÚDIO/ GRAVAÇÃO: 

GRAVAÇÃO – ESTÚDIO 185 APODI 

DIREÇÃO AUDIOVISUAL – Beto Mendonça e Nathalia Meyer 

CÂMERA E EDIÇÃO AO VIVO – Bruno Marques 

CÂMERA, MONTAGEM E FINALIZAÇÃO – Gabi Oliveira 

CÂMERA – Anna Luisa Santos 

LUZ – Pedro Altman 

ÁUDIO – Gustavo do Vale Projeto realizado por meio do edital 12/2020 do Programa de Ação Cultural (ProAC) da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do governo do Estado de São Paulo



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo
Seguir:
Jornalista, trabalha especificamente com assessoria de imprensa e mídias digitais desde 2009. Como repórter, já passou por jornais diários e veículos especializados nas áreas de música, saúde e medicina, tecnologia e turismo. Atualmente, integra e equipe de sites referência em cultura no país, como Tenho Mais Discos Que Amigos, Música Pavê e Cinema de Buteco, e atua na Build Up Media.