Natura Musical apresenta ‘Sertransneja’, novo projeto musical da Cantora Tertuliana Lustosa

Marcando sua carreira solo, a cantora e compositora Tertuliana Lustosa lançará, no mês de abril, seu novo projeto audiovisual ‘Sertransneja’, com patrocínio da Natura Musical. O novo trabalho da multiartista será realizado pela produtora Essa Vibe Planejamento Cultural, contará com produção executiva de Nathália Luna e será lançado nas plataformas de streaming.

O projeto ‘Sertransneja’ foi selecionado pelo edital Natura Musical, por meio da lei estadual de incentivo à cultura da Bahia (FazCultura), ao lado de Nara CoutoMestre Aurino de MaracangalhaMahal Pita e Mercado Iaô, por exemplo. No Estado, a plataforma cultural já ofereceu recursos para 58 projetos de música até 2020, como trabalhos de Margareth Menezes, JadsaMateus Aleluia e Ilê Ayê.

Fernada Paiva, Head of Global Cultural Branding, afirma que este projeto, assim como os demais selecionados pelo edital Natura Musical, tem a potência de gerar impacto positivo no ecossistema onde está inserido. “Isso se traduz em ações de inclusão, sustentabilidade, apoio à diversidade e educação. São pilares fundamentais para as mudanças que desejamos vivenciar no mundo”, destaca.

O novo EP traz seis faixas autorais que compõem o primeiro disco e álbum visual da artista Tertuliana Lustosa, que mostram representatividade e muita brasilidadeAs canções trazem os ritmos nordestinos como essência e se misturam aos beats eletrônicos de Badsista, responsável pela direção musical do projeto.

Com muitas novidades para o público, o ‘Sertransneja’ traz memórias e narrativas das vivências da multiartista. A parte audiovisual do projeto, assinada por Mariana Ayumi, responsável também pela direção de arte, será disponibilizada tanto na versão integral do disco – uma espécie de curta-metragem com todas as músicas, como também em videoclipes individuais de cada faixa, que contam com a colaboração de outros artistas na direção de arte, fotografia, cenário e figurino, elementos que ajudam a contar a narrativa da obra.

O projeto que marca a carreira solo da artista, após ‘Amor Encubado’, primeiro single de sua trajetória solo, e o audiobook e visualizer de ‘Morte e Vida Sertransneja’, apresenta canções que falam da vivência de uma pessoa transgênero, da relação familiar da cantora com a mãe e com a avó, das dificuldades enfrentadas, da não aceitação da sociedade e falta de oportunidade, gerada pela marginalização, além de abordar a experiência da cantora com a cidade de Salvador e com a música.

De acordo com Tertuliana Lustosa, o audiovisual, que é um projeto autobiográfico, inspirado em seu projeto ‘Morte e Vida Sertransneja’, trará uma nova maneira de apresentar as músicas. “Cada uma passará uma sensação diferente, um sentimento e cada single será representado por uma cor”, destaca.

As canções preparadas para o novo álbum são ‘Sertransneja’, que dá nome ao projeto e é representada pela cor azul, com inspiração do mar, Iemanjá e do Porto da Barra. A segunda canção é ‘Saudade da Minha Vó’, a qual a artista usa a cor laranja e faz o resgate de memórias da infância, utilizando xilogravuras.

A cantora conta que a terceira música é ‘Não Foi Só Um Programa’, que tem a cor rosa como representação e apresenta um quarto cheio de cartas. “Ainda tem ‘Amor Encubado’ com a cor amarelo, acompanhada de violão e microfones; ‘Toma Desce Toma Toma’, com a cor prata e uma estética mais futurista; além de ‘Trava da Peste’, inspirada no cangaço e no paredão vaqueira, com a cor verde”, antecipa.

A artista, conhecida por suas canções na banda A Travestis e parcerias com grandes artistas, como Pabllo Vittar, fala que o projeto tem um ritmo diferente do que o público está acostumado a ouvir em seus trabalhos.

Neste novo trabalho faço uma mistura com os traços do pop, ritmos regionais como baião, piseiro e sertanejo, além da junção da MPB com eletrônico. Essa é uma combinação que tem como inspirações musicais o cantor Lenine e a banda Nação Zumbi”, finaliza.

*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.
Ana Silva
"Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você. Cynthia Kersey Bem, isso resume meu 2022 :)