Mês das Mulheres: 4 dicas para auxiliar as mulheres a cuidar melhor do seu dinheiro

Ana Silva
Ana Silva
4 min. para leitura
Mês das Mulheres: 4 dicas para auxiliar as mulheres a cuidar melhor do seu dinheiro

Não é de hoje que as mulheres vêm apresentando um papel central no comando das finanças domésticas. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que 34,4 milhões são responsáveis pela renda familiar, quase metade dos domicílios brasileiros. Isso se deve, principalmente, ao aumento da participação feminina no mercado de trabalho. Nos lares em geral, elas são as responsáveis pelas principais decisões de compra das famílias.

Mas, infelizmente, quando o assunto é dinheiro, as mulheres ainda têm muito o que conquistar. Números do IBGE revelam que, mesmo executando tarefas idênticas, elas receberam 77,7% do salário dos homens em 2019. Essa diferença é ainda maior em cargos de alta remuneração, como diretores e gerentes, em que as mulheres ganharam 61,9% do rendimento dos homens.

Hoje em dia, não apenas as mães solo comandam as finanças de um lar.  Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), 43% das chefes de domicílio vivem em casal. “Esse é um número bastante expressivo, e revela a importância feminina não só na tomada de decisão de compra, mas também no sustento de um lar”, aponta Fabio Silva, Diretor do alt.bank, fintech brasileira focada em levar justiça financeira por meio de práticas justas. Das 34,4 milhões responsáveis pela renda familiar, 32% são mães solteiras com os filhos, 18% moram sozinhas e 7% delas estão em casas de parentes ou amigos.

Para auxiliar no desafio diário dessas mulheres, Silva elencou quatro dicas sobre como cuidar melhor do dinheiro.

Não deixe de lado seus projetos pessoais – Cuidar do dinheiro não significa abrir mão de sonhos. Projetos pessoais são fundamentais, pois são metas a serem atingidas, e isso dá motivação para ir em busca do que se quer. “Esse objetivo pode ser um emprego novo, constituir uma família, viajar para um lugar especial… Não importa qual seja o desejo, mas o importante é focar e correr atrás desse sonho”, aponta Silva.

Busque sempre sua independência financeira – A independência financeira nada tem a ver com riqueza, mas sim com organização das finanças e estabilidade. Para isso, é importante manter suas contas em dia, fazer as escolhas certas na hora de investir ou de adquirir algum item e não depender financeiramentmulherese de outras pessoas.

Fale sobre dinheiro e investimentos – Em uma roda de conversa com amigas, inclua na pauta assuntos financeiros. “Se no passado falar sobre dinheiro era tabu, isso mudou. Conversar a respeito de finanças com amigos e familiares é muito importante para a troca de experiências e, também, para angariar dicas sobre economia e investimento”, comenta Fabio Silva.

Consuma conteúdo a respeito de investimentos – A internet disponibiliza gratuitamente informações que auxiliam a construir uma vida financeira satisfatória. Há inúmeros canais do YouTube, podcasts e blogs voltados ao tema que orientam sobre como poupar dinheiro, onde investir, entre outros assuntos”, finaliza o Diretor do alt.bank.



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo