Janu lança vídeo ao vivo “Sessão Lindeza”

Nathália Pandeló
Nathália Pandeló
4 min. para leitura
Janu

Janu Leite olha para o passado para construir o futuro. O artista alagoano regressa às canções de seu primeiro disco, “Lindeza”, em um show gravado ao vivo em estúdio com o repertório do trabalho que lhe rendeu destaque na cena local e nacional, além de duas canções inéditas que saúdam sua nova fase criativa. O registro está disponível no canal de YouTube do artista.

Assista à “Sessão Lindeza”: https://youtu.be/iiFGlAe6WCA 

Janu faz dessa gravação um aceno de despedida daquele trabalho, lançado em duas partes entre 2015 e 2017. Faixas como “Brega da Obsessão”, “Perdi La Night”, “Canção de Vingança”, “Lindezas” e “Bluetooth” remetem ao disco de estreia. Mas a sessão de estúdio abre com “Encangado” e “Coruripe”, duas canções que embora não estejam no álbum, dialogam com sua estética e fazem uma verdadeira homenagem ao brega de seu estado natal.

O vídeo foi dirigido pelo próprio Janu e teve boa parte da captação em plano sequência, com o objetivo de dar vazão à organicidade da música. Para a apresentação, ele se une à “Banda Lindeza”: Itallo França assume baixo e voz, Rodrigo Cruz toca bateria, Ricardo Evangelista cuida da percussão, Marciel Esley é o trompetista, Tiago Luz assume os teclados e Paulo Franco toca guitarra e faz backing vocals, enquanto Janu assina guitarra e voz. Stephane Brito e Maria Eduarda fazem vocais em duas canções – “Lindezas” e “Bluetooth”, respectivamente. Tudo para construir a sonoridade potente e plural de “Lindeza”, um trabalho que bebe de influências locais, regionais e brasileiríssimas, do xaxado ao brega.

Artista expoente do efervescente cenário independente alagoano a partir de Arapiraca, Janu já acumula uma vivência musical que o projetou para plataformas de alcance nacional com o EP “Matuto Urbano” e o disco debut, “Lindeza”. É o caso também das músicas “Perdi La Night”, que integra a trilha sonora do filme “Morto Não Fala” (Denninson Ramalho, Globo Filmes), e “Teu Sorriso” – esta última marca presença no filme “O Retirante”, do alagoano Tarcisio Ferreira, e no especial de 80 anos de Pelé. 

Agora, o músico mira o futuro com o próximo trabalho.‘Miolo do Oxente’ é um disco que versa muito sobre caminhos, direção, retomada. O pós ‘novo normal’”, antecipa Janu, que já revelou canções como “Vey” e “Povo Brasileiro”. Enquanto isso, é possível assistir à “Sessão Lindeza” no canal de YouTube do artista. O vídeo teve apoio da Lei Aldir Blanc, via Secretaria de Cultura do Estado de Alagoas.

Ficha técnica

Sessão Lindeza

 

Banda Lindeza

 

Janu – Voz e Guitarra

Itallo França – Baixo e Voz

Rodrigo Cruz – Bateria

Ricardo Evangelista – Percussão

Marciel Esley – Trompete

Tiago Luz – Teclados

Paulo Franco – Guitarra e backings

 

Stephane Brito – backing vocal e voz principal na música “Lindezas”

Maria Eduarda – backing vocal e voz principal na música “Bluetooth”

 

Produção e Técnica

 

Engenheiro de som e captação – Sandro Cardoso

Luz – Pinóquio e Dj Rafa

Preparação Vocal – Malba Martins

Produção – Izabella Vitória

Produção – Carol Leite

Produção e Camarim – Zilma Leite

Câmeras – Higor Silva, Vanderson Yago

Edição, Colorização e Finalização – Rodrigo Cruz, Iago Caíque

Direção – Janu



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo