Gloria Groove, Galvão Bueno e Gusttavo Lima: famosos que contraíram Covid-19 em 2022 e assustaram os fãs

Ana Silva
Ana Silva
7 min. para leitura
Gloria Groove, Galvão Bueno e Gusttavo Lima: famosos que contraíram Covid-19 em 2022 e assustaram os fãs

Os números da Covid-19 no Brasil e no mundo dispararam após as festas de fim de ano, diante da ascensão da variante ômicron. Nesse período, diversas personalidades contraíram a doença. Com o avanço da vacinação, porém, a maioria delas apresentou sintomas leves.

Uma das celebridades que anunciou logo na primeira semana do ano que havia sido infectada foi Gloria Groove. Nas redes sociais, a cantora campeã do “Show dos Famosos” tranquilizou os fãs e afirmou que estava com sintomas brandos. Entretanto, assim como uma porção de artistas nacionais e internacionais, ela precisou cancelar compromissos.

Confira abaixo uma lista de celebridades que precisaram vir a público recentemente para contar aos fãs que pegaram Covid-19, bem como aquelas que infelizmente não resistiram ao vírus que acomete o planeta há mais de dois anos, além da importância de continuar se protegendo.

Marisa Monte

Com uma publicação em seu perfil no Instagram, a cantora anunciou no dia 11 de janeiro que seu teste PCR, realizado no dia anterior, deu positivo. Ela não apresentou sintomas, mas adiou a estreia dos shows de sua nova turnê – seriam três apresentações em São Paulo e três no Rio de Janeiro. “Em respeito ao bom senso e às recomendações sanitárias”, escreveu.

Xamã

Famoso pelo hit “Malvadão 3”, uma das músicas mais tocadas no Brasil atualmente, o rapper carioca comunicou no dia 7 de janeiro que cancelou um show em Itacaré (BA) por estar com Covid-19. Ele não informou detalhes a respeito do seu estado de saúde, o que deixou os fãs preocupados nas redes sociais por alguns dias.

John Mayer

Após testar positivo para a Covid-19, o norte-americano precisou cancelar o show no festival Playing in the Sand, no México, entre 7 e 10 de janeiro, um dia antes do início do evento. Mayer não divulgou detalhes sobre o seu estado de saúde, enquanto o baterista e também integrante da banda Dead and Company, Bill Kreutzmann, anunciou que não estaria no festival por recomendações médicas.

Simaria

A cantora sertaneja, que havia contraído Covid-19 em agosto de 2020, testou positivo novamente no dia 6 de janeiro deste ano. Ela e integrantes da sua banda foram infectados e precisaram cumprir o isolamento social. Simaria acalmou os fãs nas redes sociais ao informar que estava somente com sintomas leves da doença.

Vera Fischer

A atriz de 70 anos de idade tomou três doses da vacina e afirmou que se sentia bem e com sintomas leves, mas precisou interromper os ensaios para a peça “Quando eu for mãe, quero amar desse jeito”. Ela ainda aproveitou para pedir a todos os seus seguidores que se vacinassem e continuassem usando máscaras.

Galvão Bueno

Dono de uma das vozes inconfundíveis nas transmissões esportivas da TV Globo, Galvão testou positivo no dia 7 de janeiro, ao tentar voltar com a família de Nova York para o Brasil, após passar férias nos Estados Unidos. Devidamente vacinado, o narrador teve uma recuperação sem sustos e afirmou menos de uma semana depois que já estava bem. “Graças a Deus e à ciência! Obrigado aos médicos! Tomem vacina! Até a volta!”, escreveu o jornalista de 71 anos de idade em seu perfil no Twitter.

Duda Beat

A cantora recifense foi outra artista que precisou suspender shows neste início de ano, como a participação no festival Spanta, no Rio, após testar positivo. No entanto, Duda deixou os fãs tranquilos ao compartilhar que passava bem e estava assintomática. Ela foi mais uma a fazer coro pela vacinação no país.

Renata Vasconcellos

A apresentadora do Jornal Nacional, da TV Globo, foi afastada às pressas da bancada do programa na segunda semana de janeiro, após receber o diagnóstico positivo no dia 8. A jornalista apresentou sintomas leves, mas o seu companheiro de bancada, William Bonner, ficou em alerta com uma possível contaminação.

Gusttavo Lima

No dia 5 de janeiro, Gusttavo informou que seu exame havia dado positivo para o novo coronavírus, motivo que levou ao cancelamento de uma série de compromissos do cantor, entre eles uma partida de futebol promovida pelo também cantor Marrone e os shows programados para os dias 7, 8 e 9 do mês. Ele não apresentou sintomas e sua esposa e filhos testaram negativo, o que deixou os fãs mais despreocupados.

Proteger-se é fundamental

Por outro lado, durante os mais de dois anos de pandemia de Covid-19, muitos nomes queridos do público brasileiro não resistiram ao vírus e, infelizmente, nos deixaram antes do que deveriam. Foram os casos do humorista Paulo Gustavo, dos atores Tarcísio Meira e Nicette Bruno, do compositor Genival Lacerda e do cantor Agnaldo Timóteo, entre tantos outros que farão muita falta.

A variante ômicron e a escalada dos novos casos em 2022 colocaram toda a população em alerta. Nesse cenário, não são apenas os fãs dos famosos que se preocupam com seus ídolos. As pessoas, no geral, estão assustadas com a pandemia e preocupadas com a integridade própria e dos entes queridos.

Só no Brasil, para se ter uma ideia, a procura por seguro de vida individual bateu uma alta recorde em 2021. Segundo dados da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi), a arrecadação de prêmios das seguradoras foi de R$ 8 bilhões, 29% a mais em relação ao mesmo período de 2020.

Trata-se de um indicador da tensão que o País ainda enfrenta, apesar do avanço da vacinação e da redução dos casos graves da doença. Como as autoridades em saúde vem alertando, a pandemia ainda não acabou e todos devem continuar seguindo os protocolos sanitários, como o uso de máscara, o distanciamento físico e a higienização das mãos.



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

MARCADO:
Compartilhe este artigo