Fantastic Negrito anuncia White Jesus Black Problems
Hoje, o três vezes vencedor do Grammy, cantor, compositor, músico e ativista Fantastic Negrito (neé Xavier Dphrepaulezz) anuncia seu projeto mais ambicioso até hoje, White Jesus Black Problems, que será lançado em 3 de junho através de sua própria gravadora, Storefront Records. Para acompanhar o álbum de estúdio, Fantastic Negrito criou um filme completo para a música. White Jesus Black Problems foi escrito, gravado e filmado em Oakland, onde o artista cresceu e atualmente reside. O trabalho multimídia é baseado na história real da sétima geração da avó escocesa branca de Negrito (Vovó Gallamore), uma serva contratada, vivendo em um casamento de direito comum com seu avô escravizado afro-americano de sétima geração (Vovô Courage); desafiando abertamente as leis racistas e separatistas da Virgínia colonial da década de 1750.
Assista ao trailer de White Jesus Black Problems AQUI
Pré-encomende White Jesus Black ProblemsAQUI
O primeiro single oficial do álbum e do filme, “Highest Bidder”, é uma confluência de muitas coisas, abordando temas de racismo, capitalismo e o próprio significado da liberdade em si de maneira provocativa. Variando de ritmos africanos a Delta blues, a nova faixa atravessa gêneros, enquanto examina o funcionamento interno da sociedade, onde tudo e qualquer coisa está à venda. O videoclipe segue Fantastic Negrito – vestindo uma de suas roupas excêntricas de assinatura – enquanto ele exibe os desejos da natureza humana e o que as pessoas pagarão para adquiri-los; sejam os melhores carros, as melhores armas, a melhor comida, os melhores servos ou o melhor sexo, tudo vai para o “maior lance”.
Assista ao vídeo de “Highest Bidder” AQUI
Fantastic Negrito sobre “Highest Bidder”:
“Essa música é tão verdadeira hoje como sempre foi. Os egípcios, os persas, os gregos, os romanos, os americanos, tudo vai para o maior lance. É a natureza humana. As pessoas sempre querem ter o melhor.” Ele continua dizendo:“Tudo se baseia em extrair o máximo das outras pessoas pelo mínimo. Neste país, adoramos bilionários, enquanto partes de algumas cidades se parecem com o que chamamos de terceiro mundo. Estou tentando transmitir o que vejo quando ando pela rua aqui em Oakland.”
Ao longo de pouco mais de um ano, Negrito escreveu quase 50 faixas inspiradas em Gallamore e Vovô Courage, eventualmente reduzindo a coleção a uma mistura de 13 músicas e interlúdios que capturaram a luta e o triunfo da história do casal. Pela primeira vez, ele gravou o núcleo de cada música ao vivo no estúdio com seu baterista, James Small (que também interpreta Vovô Courage no filme), antes de mais tarde acrescentar camadas com instrumentos adicionais por conta própria e trazer colaboradores externos como o baixista Cornelius Mims, o guitarrista Masa Kohama, o tecladista Lionel LJ Holoman e a violoncelista Mia Pixley.
Fantastic Negrito entrou no radar nacional ao vencer o inaugural NPR Tiny Desk Contest em 2015. Desde então, ele ganhou o Grammy de Melhor Álbum de Blues Contemporâneo por cada um dos três álbuns que lançou: The Last Days of Oakland (2017), Please Don’t Be Dead (2019), eHave You Lost Your Mind Yet? (2020).
Fantastic Negrito tem uma história verdadeiramente cativante enraizada em lutas e conflitos: dos altos de um contrato de um milhão de dólares aos baixos de um acidente de carro quase fatal que o deixou em coma, danificando permanentemente sua mão de guitarra e mudando sua visão sobre a vida. Fora da música, Xavier coloca em ação suas letras socialmente progressivas. Ele criou o Storefront Market, um mercado gratuito para o público, com vendedores que representam a comunidade de West Oakland e bairros vizinhos. Ele administra sua própria fazenda urbana, a Revolution Plantation, onde ensina a comunidade ao redor a plantar – um esforço para transmitir práticas que podem sustentar os bairros locais e o nosso planeta, enquanto se conecta com seus recém-descobertos ancestrais Free Negro Farmer.
Durante o verão, o Fantastic Negrito lançou o single “Rolling Through California”, um grito de guerra que pede solidariedade e ação coletiva em relação à esteira da seca, desafios de gerenciamento de água, aceleração das mudanças climáticas, e à crescente calamidade da temporada anual de incêndios na Califórnia. Gravada em seu próprio estúdio Storefront Records em Oakland, a faixa apresenta uma poderosa performance vocal de apoio do colega artista de Bay-Area Miko Marks.
Ouça e assista “Rolling Through California”AQUI
Fantastic Negrito anunciará uma série de shows para estrear White Jesus Black Problems ao vivo nas próximas semanas. Fique ligado para mais detalhes.
Pré-encomende White Jesus Black ProblemsAQUI
Lista de faixas de White Jesus Black Problems
1. Venomous Dogma
2. Highest Bidder
3. Mayor of Wasteland
4. They Go Low
5. Nibbadip
6. Oh Betty
7. You Don’t Belong Here
8. Man With No Name
9. You Better Have A Gun
10. Trudoo
11. In My Head
12. Register of Free Negroes
13. Virginia Soil

*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Ana Silva
"Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você. Cynthia Kersey Bem, isso resume meu 2022 :)