Estudantes da rede estadual expõem telas sobre cultura da paz na Assembleia Legislativa
Até sexta-feira (20), a exposição “O Brasil que temos e o Brasil que queremos” estará em cartaz no Espaço de Arte e Cultura Josafá Marinho, da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. A mostra gratuita exibe telas pintadas pelos estudantes do Colégio Estadual Santa Rita de Cássia, do bairro de Águas Claras, com bandeiras do Brasil estilizadas, podendo ser visitada das 8h às 16h. A ação é resultado do projeto Cultura da Paz, realizado há quase cinco anos na unidade escolar, e que, em 2021, contou com a oficina de Teatro do Oprimido ministrada pelo professor Dr.Licko Turle.
Nesta quarta-feira (18), os alunos visitaram a exposição e fizeram um passeio pela Alba. “O projeto existe a partir de uma conversa com os professores e a diretora de tentar estabelecer uma cultura de paz não só dentro da escola, mas fora da escola também. Os estudantes são de bairro periférico e nessas localidades a violência se instala de forma mais cruel. A ideia do projeto é que todos os professores, não só de arte ou de teatro, abordem a cultura de paz de alguma forma”, explicou uma das professoras do projeto, Jeane Sanches.
A Oficina de Teatro do Oprimido foi ministrada para estudantes do 9º e 1º ano. Além das telas individuais feitas com o tema “O Brasil que temos”, foi produzida também uma tela coletiva sobre “O Brasil que queremos”. Pela primeira vez, o projeto contou com a oficina e com a exposição. “Nós não esperávamos estar aqui na Alba, num espaço de poder com os estudantes tendo voz através de suas telas. Isso é importantíssimo”, avaliou a professora Jeane.
Aluna do 1º ano do Ensino Médio, Maria Clara de Jesus, 15 anos, participou do projeto, e sua tela faz parte da exposição. A estudante pintou uma bandeira predominantemente preta, com detalhes em vermelho e escreveu o nome “violência”, por enxergar o Brasil atual violento e bagunçado. “Eu me sinto muito feliz. Nunca imaginei que ia estar aqui fazendo parte e vivendo isso”, declarou sobre a experiência.
Já Carlos Eduardo Santos, estudante do 2º ano do Ensino Médio, escolheu a temática ambiental para a sua bandeira. “Gostei bastante porque eu pude expor o meu pensamento junto com todos os meus colegas. Estou muito orgulhoso. É um prazer estar na Assembleia Legislativa, onde todas a leis são criadas, onde os deputados passam e eles veem o nosso pensamento”, destacou.

“A assembleia é uma casa com as portas abertas, onde todo mundo tem o direito de entrar. Aceitamos qualquer tipo de arte. Agora mesmo, estamos recebendo o Colégio Santa Rita de Cássia e a gente fica muito feliz em poder atender. Recebemos artistas renomados, internacionais e artistas que nunca tiveram a oportunidade mostrar”, afirmou o responsável pelo espaço, Aldinho Mendonça.
*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.
Ana Silva
"Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você. Cynthia Kersey Bem, isso resume meu 2022 :)