Equipe que atuará no Museu de Camassary realiza visita técnica à exposições culturais

Ana Silva
Ana Silva
3 min. para leitura
Equipe que atuará no Museu de Camassary realiza visita técnica à exposições culturais

O Museu de Camassary está ainda mais perto de se tornar realidade. Na tarde desta sexta-feira (4/2), os servidores que atuarão no equipamento, que está em fase final de construção e é gerido pela Secretaria da Cultura (Secult), realizaram visita técnica à Caixa Cultural Salvador e ao Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), ambos localizados na capital baiana.

A visitação integra o curso de capacitação em planejamento expográfico para museus, primeira ação desenvolvida pelo Museu de Camassary, que teve início no dia 31 de janeiro. A artista visual Catarina Argolo, professora do curso, explicou que a visita é a parte prática da capacitação, colocando o cursante em contato direto com exposições. “Eles puderam ver os espaços de perto e entender como se aplicam os conhecimentos trabalhados”, contou.

O subsecretário da Cultura e presidente do Conselho Municipal de Cultura, Luciel Neto, também participou da visita técnica. “Uma ação superproveitosa porque serviu de parâmetro para o que estamos planejando para o Museu de Camassary. Durante as duas visitações pudemos entender de perto diferentes questões, como de que forma as diversas linguagens artísticas podem dialogar no mesmo espaço. Esperamos que o nosso museu atenda aos anseios da população de Camaçari”, disse Neto.

O curso de capacitação em planejamento expográfico para museus segue com atividades até a próxima quinta-feira (10/2), tendo carga horária total de 20h. “A ideia é que os funcionários que não são da área da museologia compreendam definições básicas, como o que é um museu, uma exposição, expografia e a origem das coleções. Também é importante o entendimento de como transformar o conceito em uma exposição, englobando a parte técnica, iluminação, concepção do espaço pensando nos elementos de cores, texturas, mobiliário, dentre outros”, explicou a professora Catarina Argolo.

Além das aulas, a iniciativa irá englobar três palestras: “Acessibilidade física: o cotidiano do cadeirante e de indivíduos com mobilidade reduzida”, ministrada por Roquelina Magnólia; “Segurança contra incêndio”, por Thiago Cintra; e “Desafios da sustentabilidade nos museus”, por Pedro Carlos Ramos Santos.

Também participaram da visitação realizada nesta sexta-feira o coordenador de Patrimônio da Secult, Átila Borges, e equipe técnica da pasta.

Foto: Arquivo



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo
Por Ana Silva
Seguir:
"Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você. Cynthia Kersey Bem, isso resume meu 2022 :)