Em jogo emocionante, Dragons vence o Rhynos e garante presença na semifinal da SPFL 2022

Uma das partidas mais importantes da fase regular da Série Diamante da São Paulo Football League aconteceu no último domingo (12): Guarulhos Rhynos e Moura Lacerda Dragons tinham muito em jogo e o placar de 23 a 22 já mostra o quanto foi tenso e decidido nos detalhes, mas dessa vez quem conseguiu se manter invicto e garantir sua vaga na semifinal foi o time de Ribeirão Preto.

A primeira campanha foi do ataque da equipe de Ribeirão Preto, já acabando em pontuação. Não conseguiram o suficiente para o touchdown, mas o kicker Luiz Blanger (9) entrou em ação e abriu o placar em 3 a 0 para o Dragons com um field goal.

Em seguida, o ataque do Rhynos entrou em campo e teve duas chances de atacar, mas o quarterback Catullo Goes (16) acabou sendo interceptado e o Dragons voltou para o comando da bola.

As defesas estavam dando um show de atuação, ambas não cederam aos ataques adversários, o primeiro quarto foi marcado por three-and-outs, sacks e punts, sem pontuações.

No segundo quarto, o Rhynos saiu do zero no placar: com passe do quarterback Catullo Goes (16) para o wide receiver Luiz Domingues (8) e chute do kicker João Paulo Lustosa (40), o Rhynos fez seus primeiros sete pontos.

Quando o ataque do Dragons voltou a campo, a equipe estava decidida a virar o placar e foi o que aconteceu rapidamente. Após uma big play que deixou o time na boca da endzone, o quarterback Matheus Tremeschin (8) passou para o wide receiver Lysandro de Oliveira (86) e fez mais 6 pontos. O chute não foi bom, mas a equipe conseguiu somar 9 pontos e ultrapassar o Rhynos no placar.

No final do primeiro tempo, o linebacker Paulo Cesar Veschi intercepta o mais um passe do Rhynos e as equipes foram para o intervalo com o placar de 9 a 7.

A partida recomeçou e o ataque do Dragons estava em campo, não conseguiu produzir o suficiente e precisaram chutar a bola de volta, porém, um bad snap deixou o Rhynos na linha de 6 jardas do seu campo de ataque e não demorou para que a equipe conseguisse virar o placar. Com corrida do running back Edimarcos “Kinho” (17) e chute do kicker João Paulo Lustosa (40) a equipe de Guarulhos reassumiu a liderança no placar por 14 a 9.

O último quarto foi o mais difícil para ambas as equipes. Logo no inicio, o running back Marvin Elorriaga (26) conseguiu correr 70 jardas, praticamente cruzando todo campo e deixando o Dragons em uma posição muito favorável, porém, a equipe não conseguiu pontuar. Após tentar uma quarta descida e não conseguir a conversão, o ataque do Rhynos voltou ao campo.

Novamente com corrida do running back Edimarcos “Kinho” (17) o Rhynos pontuou, e dessa vez a equipe não foi para o chute e sim para a conversão de dois pontos com passe para o wide receiver Paulo César (81), aumentando a o placar para 22 a 09.

Parecia que a vitória do Rhynos era certa. Porém, faltando dois minutos para o final do jogo, o Dragons reagiu: com passe para o wide receiver Lysandro de Oliveira (86) a equipe começou a diminuir a vantagem no placar. O chute do kicker Luiz Blanger (9) foi bom e o Dragons tinha 16 pontos contra 22 do Rhynos naquele momento.

A próxima posse de bola seria do Rhynos, porém, a equipe de Ribeirão Preto tenta o onside kick e recupera a bola. Por fim, em passe para o tight-end Renê Figueiredo e chute do kicker Luiz Blanger (7) o Dragons conseguiu virar o placar: 23 a 22.

O Rhynos ainda teve mais uma chance com um minuto e vinte segundos no relógio, mas não conseguiu virar a partida.

Matheus Tremeschin, presidente e quarterback do Dragons, declarou que a equipe esperava fazer um bom trabalho, mas que o resultado foi incrível e que agora eles esperam chegar até a final.

Catullo Goes, quarterback do Rhynos, avaliou que o Dragons jogou melhor e que às vezes o jogo parece ser simples, mas que ter jogado menos que o adversário fez a vitória escapar das mãos da equipe.

Dessa forma, o Dragons quebrou a invencibilidade do seu adversário e assumiu a liderança do Grupo B, garantindo sua vaga na semifinal. Já o Rhynos terá de jogar o Wild Card, e segue no aguardo da definição de seu adversário.

*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.
Ana Silva
"Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você. Cynthia Kersey Bem, isso resume meu 2022 :)