Dólar perde força ante as seis principais divisas nesta quinta-feira

Angelo Peterson
Angelo Peterson
2 min. para leitura
100 U.S. dollar banknote lot
mercado amanhece nesta quinta-feira repercutindo as decisões de política monetária do Copom e do FED, com o BC do Brasil mantendo a taxa Selic em 13,75% ao ano e o FED elevando seus juros em 75 pontos base, em linha com o esperado pelo mercado. Na agenda econômica temos o índice de confiança do consumidor na zona do euro, e por aqui o ministério da Economia divulga o Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias do 4º bimestre deste ano, e por fim, nos EUA é divulgado os pedidos iniciais por seguro-desemprego.
Por aqui o mercado deve realizar ajustes em função da manutenção da Selic pelo Copom em 13,75% ao ano, retirando prêmio da curva de juros na expectativa de um início de ciclo de corte de juros, principalmente para o início de 2023. No câmbio é esperado que a decisão de política monetária do FED ainda repercuta, com o FED se mostrando mais hawkish e sinalizando uma possível continuidade na alta dos juros por lá. Além disso o mercado deve repercutir também os pedidos iniciais por seguro-desemprego, que é esperado em 218K, e caso venha abaixo do esperado poderá levar à uma pressão de alta do dólar ante o real.
Lá fora os contratos futuros de petróleo negociam em alta, indicando possível recuperação após as fortes quedas recentes, contundo ainda é atenção dos investidores as preocupações relacionados à oferta da commodity. Em Nova York os índices futuros acionários operam próximos à estabilidade. Já na Europa as bolsas operam com sinal negativo em grande parte delas, com o mercado aguardando a decisão de política monetária do Banco da Inglaterra (BoE) e repercutindo o aumento da taxa de juros do FED. Enquanto isso o índice DXY, que relaciona o dólar com as seis principais divisas, indica perda de força da moeda americana. E por fim, na Ásia as bolsas fecharam majoritariamente em queda nesta quinta-feira.


*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo