Dicas de casa: saiba com que frequência se deve trocar toalhas e roupa de cama

Ana Silva
Ana Silva
4 min. para leitura
Dicas de casa: saiba com que frequência se deve trocar toalhas e roupa de cama

Você tem o costume de chegar em casa e ir direto para a cama? Saiba que esse costume pode diminuir o intervalo entre as lavagens. A verdade é que não existe um consenso entre especialistas sobre a frequência ideal para substituir toalhas de banho, lençóis, colchas e outras peças, mas é possível estabelecer critérios para criar o seu próprio cronograma de idas à máquina de lavar ou à lavanderia. O CEO da rede Lavô, Angelo Max Donaton, separou algumas dicas para facilitar o serviço de casa.

Cuidados diários: Você sabia que as toalhas utilizadas para secar o rosto e as mãos devem ser trocadas todos os dias? Em grande parte dos lares brasileiros, essas peças são compartilhadas por todos da casa e, por isso, é necessário ter esse cuidado diariamente para evitar a transmissão de doenças como a conjuntivite. Já as toalhas para secar o corpo podem ter um intervalo um pouco maior, a cada dois ou três dias, evitando assim que a umidade crie um ambiente ideal para os fungos.

Check-in semanal: De maneira geral, as roupas de cama podem ser trocadas a cada sete dias, mas não é regra e tudo vai depender dos hábitos de cada um. Chegar em casa após um dia de muito trabalho e ir direto deitar é um hábito que aumenta a frequência entre as lavagens, assim como episódios de febre ou gripes que exigem uma troca a cada três dias. Vale o bom senso, assim como qualquer peça do guarda-roupa, a ida ao tanque ou à máquina depende do estado da roupa.

De 15 dias a um mês: É comum ter uma manta no sofá para se aconchegar nos dias mais frios. Para esta peça indispensável para se cobrir enquanto assiste TV, a recomendação é trocá-la quinzenalmente. Quando pouco usada, a frequência pode ser estendida para cerca de um mês. De novo, o que vale é observar os hábitos da casa e encontrar o melhor cronograma que se adeque a família.

Xô preguiça, ácaros e bactérias: Trocar as peças pode parecer muito trabalho, mas é importante para a saúde, evitando a proliferação de micro-organismos. Além disso, já existem lavanderias self-service, como a Lavô, que está presente em várias cidades brasileiras e onde é possível lavar e secar até 10 quilos de roupa em apenas uma hora, gastando no máximo R$ 16 por ciclo. E com uma vantagem ainda: utilizar produtos profissionais e secadoras que eliminam 99,9% de fungos e bactérias em cerca de 40 minutos.

Sobre a Lavô

A Lavô é a maior franquia de lavanderias self-service do Brasil. Inaugurada em 2018, entrou para o franchising em 2020 e já conta com mais de 520 unidades pelo Brasil. Com a missão de democratizar e simplificar o serviço, a franquia dispensa funcionários e pode ser gerenciada à distância, através do sistema online. Em 2021, a rede faturou R$ 8 milhões de reais e para 2022 a expectativa é alcançar R$ 10 milhões e 750 lojas.



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo
Por Ana Silva
Seguir:
"Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você. Cynthia Kersey Bem, isso resume meu 2022 :)