Desafios da iluminação pública vão além da troca de lâmpadas, diz especialista

O assunto iluminação pública vem ganhando desdobramentos que ultrapassam a questão da troca das lâmpadas. A eficiência energética ainda é o principal foco dos gestores, mas, para que a conta diminua ainda mais no fim do mês, é preciso pensar em conjuntos de soluções, segundo o engenheiro eletricista e professor de iluminação João Gabriel Almeida, em análise para a Expolux.

“É preciso utilizar ferramentas e produtos eficientes e de qualidade, claro, mas um dos primeiros pontos a se destacar é que iluminação pública demanda um projeto consolidado, com estudos e profissionais especializados à frente. Isso é um grande desafio quando consideramos a escassez de engenheiros eletricistas na maior parte dos municípios brasileiros”, diz.

De acordo com levantamento do Banco Mundial, o parque de iluminação pública no Brasil ultrapassa 18 milhões de pontos de luz. Ou seja, cerca de 4,3% do consumo total de energia elétrica do país, comprometendo de 3% a 5% do orçamento dos municípios. Neste cenário, o especialista indica que a luminária de LED é uma solução comprovadamente econômica, mas que pode ter impactos na redução de custos ainda maiores quando associadas à outras iniciativas.

“A cidade de Varginha, no sul de Minas, é um bom exemplo. Lá está acontecendo a troca das lâmpadas fluorescentes das escolas municipais e envolve a todo o conjunto de lâmpadas e luminárias convencionais por luminárias LED. Além disso, a administração da cidade está instalando painéis fotovoltaicos no telhado das escolas. Redução de energia de um lado e geração do outro”, finaliza.

 

Exposição com foco em Iluminação Pública

Buscar informações, cases e soluções adequados às necessidades atuais em iluminação pública pode ser uma tarefa complicada para os gestores, seja pela falta de tempo ou de conhecimento. Por isso, um encontro onde é possível ter contato com especialistas e novas tecnologias é tão importante. Justamente o papel estratégico da Expolux, Feira Internacional da Iluminação, marcada para acontecer entre 2 e 5 de agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo.

O evento contará, inclusive, com o tema iluminação pública na grade de apresentações do SIMPOLED – Simpósio Internacional de Iluminação, realizado pela ABILUX. “A ideia é que os tomadores de decisão de governos estaduais e municipais possam se atualizar e se inspirar. A grande discussão será como unir elementos para garantir que a iluminação seja um ativo, gerando segurança, economia e até informações que ajudem na melhoria da vida em sociedade”, explica Ivan Romão.

Além disso, a feira também apresentará tendências em arquitetura e decoração, reunindo, aproximadamente, 300 marcas expositoras e mais de 20 mil visitantes, incluindo engenheiros, arquitetos, lighting designers, varejistas, distribuidores e especificadores, em uma área de 36 mil metros quadrados.

Mais informações em: www.expolux.com.br

 

SERVIÇO

17ª Expolux

Data: 2 a 5 de agosto de 2022

Horário: das 10h às 20h

Local: Expo Center Norte – Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme, São Paulo/SP


*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Ana Silva
"Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você. Cynthia Kersey Bem, isso resume meu 2022 :)