Day Trade: se for fazer, é melhor saber

Angelo Peterson
Angelo Peterson
5 min. para leitura
Day Trade: se for fazer, é melhor saber

Técnicas de gestão de risco, alocação, variação, preço de ações, psicologia do investidor e investimentos a curto ou longo prazo. Estes são alguns dos temas abordados no livro Day Trade, escrito pelo investidor canadense, membro do Conselho de Negócios da Forbes e autor best-seller na área financeira, Andrew Aziz. Publicada no Brasil pela Editora Edipro, a obra é considerada um clássico mundial sobre mercado financeiro.

 

Ranqueado por cinco anos consecutivos no Top 100 de autores de Negócios e Finanças da Amazon, Andrew aprofunda lições para o leitor escapar de armadilhas e ter êxito nas operações de day trading. Ao compartilhar gráficos e imagens ilustrativas, o especialista explica que este tipo de operação é muito arriscado, mas, com as técnicas certas, gestão e disciplina, é possível colher inúmeros benefícios em negócios de curtíssimo prazo e obter lucros com a variação de preços das ações ao longo do dia.

 

Considerado de alto risco, o Day Trade é uma operação de compra e venda de ativos ou derivativos no mesmo dia, ou seja, em um mesmo pregão na bolsa de valores. Por isso, o objetivo de Andrew Aziz é ensinar o leitor como lidar com esta prática de forma certa, consciente e responsável. Ao se aprofundar nas técnicas de mercado, o especialista mostra como tornar rotineira este tipo de operação, mesmo com a volatilidade e as oscilações dos ativos em negociação.

 

Do exemplo à prática, o investidor também ensina a escolher as ações e evidencia os princípios que regem este tipo de operação. De maneira ampla, Andrew ajuda a compreender o mercado financeiro, explica o que é necessário para a formação de Day trader, e demonstra quais são as habilidades essenciais que os iniciantes devem cultivar para aumentar as chances de lucrar. Dividido em 10 capítulos, a edição brasileira conta com prefácio de Alfredo Menezes, partner da Gestora Armor Capital e ex-Tesoureiro do Banco Bradesco e do Banco BCN.

 

Um equívoco muito comum que as pessoas cometem sobre o day trading é achar que ele é fácil: apenas ‘compre na baixa e venda na alta!’ ou ‘compre nos mergulhos, venda nos repiques!’. Mais uma vez, o day trading parece extremamente fácil, mas não é. Se fosse tão simples assim, todo mundo seria um trader de sucesso e, a cada ano, não veríamos uma taxa de fracasso tão alta entre os traders ativos. Você deve sempre lembrar que o day trading é difícil e não o tornará rico rapidamente.

(Day Trade, p. 32)

 

Ficha técnica
Título: Day Trade
Autor: Andrew Aziz
Editora: Edipro
Assunto: Finanças
ISBN: 978-6556600918
Edição: 1ª edição, setembro 2022
Número de páginas: 272
Preço: R$ 95,00
Onde encontrar: Amazon
Baixe AQUI a capa em alta resolução.

 

Sobre o autor: Andrew Aziz é um investidor canadense, proprietário de um fundo de gestão, membro do Conselho de Negócios da Forbes e um autor best-seller na área financeira. Por mais de cinco anos consecutivos (2016-2021) esteve rankeado no Top 100 de autores de Negócios e Finanças da Amazon. Seus livros já foram publicados em mais de 10 idiomas pelo mundo. Em 2016, fundou a Bear Bull Traders, uma comunidade online de traders independentes que oferece aos seus membros um programa completo de aprendizado do processo de trading.

 

Sinopse: “O livro apresenta de forma robusta e simples como começar no day trading”. No moderno cenário financeiro há investidores e operações de todos os tipos. Uma delas é o day trade, negócios de curtíssimo prazo para obtenção de lucros com a variação de preços das ações ao longo do dia. Nesta obra, que já se tonou um clássico mundial do assunto, Andrew Aziz, não esconde: este é um negócio arriscado. Mas com disciplina e cálculo, é possível escapar das armadilhas e ter êxito nas operações.



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo
Seguir:
"Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu. Sarah Westphal