Compras online: cinco passos para evitar fraudes

Ana Silva
Ana Silva
4 min. para leitura
Compras online: cinco passos para evitar fraudes

Houve uma mudança na mentalidade das pessoas em relação a tecnologia, de certa forma, imposta pela pandemia. Começou-se a usar mais os serviços online, desde aplicações básicas, como compra de mercado, alimentação, renovação de documento e, até mesmo, apostas online. A pandemia trouxe um público novo. Usuários que antes tinham uma certa restrição com a utilização do meio digital e hoje já entraram nessa onda de comodidade.

“Percebemos uma nova realidade, o conceito do online mudou bastante e isso é algo que veio para revolucionar. Mesmo com duas décadas de existência no digital, visamos na Intersena o constante aprimoramento da tecnologia e da segurança cibernética, que são cada vez mais voltadas em: investir em segurança, inovação e atendimento para atender essa demanda de forma coerente e adequada”, conta Thiago Dias, CEO da Intersena, sobre a visão da empresa em relação ao relacionamento e segurança que vai proporcionar ao cliente.

Prevenção de fraude online é um assunto que deve ser olhado com muita atenção. Afinal, navegar pelo universo online requer cautela. A transformação digital também trouxe o risco de fraude e o alerta para a cibersegurança, mas nem todos sabem identificar possíveis riscos.

Visando esse tópico não só no segmento de loterias, mas para qualquer compra online, o especialista compilou uma lista de fatores que deve ser considerada ao avaliar sites de compras, além de dicas para uma transação segura:

  1.     Stalkeie a empresa! Buscar referências quanto ao site que está acessando é essencial, e as redes sociais permitem essa busca de referência. Procure depoimentos de pessoas que já utilizaram aquele serviço;
  2.     Entre em contato com a empresa pelos canais de comunicação disponíveis como: telefone, WhatsApp, e-mail etc.;
  3.     Identifique se a empresa está no Brasil, se tem um CNPJ, se de fato é legalizada e real;
  4.     Esteja atento aos certificados de segurança do site. O cadeado de segurança na barra do navegador indica que o site segue todas as normas de segurança para navegação;
  5.     Verifique o histórico dessa empresa, veja os problemas que já teve. Temos sites que facilitam e controlam essas informações como Reclame Aqui, que contribuem para esse filtro.

A tecnologia possibilita facilidade no cotidiano das pessoas: aumentou agilidade, melhorou processos, reduziu custos e ditou um novo estilo de vida. “Essa revolução digital que a gente vive hoje trouxe benefícios que antes eram mais acessíveis por meio do mundo corporativo. Pedir comida, saber onde nossos filhos estão em tempo real, conversar com amigos e familiares, saber o resultado das loterias e fazer sua fezinha sem sair do sofá. A tecnologia joga a nosso favor e a tendência é que cada dia que passa a evolução seja mais evidente”, explica Thiago.

As empresas, em geral, devem se adaptar às transformações digitais para sobreviverem à nova realidade e prosperarem. A Intersena, por exemplo, é uma empresa que nasceu em 1999, já no digital, pensando nas oportunidades que tinham naquela época e que ao decorrer do tempo evoluíram.

“Quando falamos sobre como as empresas devem agir diante desse cenário, eu acredito que a receita seja: ter profissionais e parceiros focados em inovação; apostar em marketing digital como canal de divulgação; fortalecer a interação com o público por meio das redes sociais; manter viva a comunicação; ouvir as necessidades dos seus clientes e não se restringir aos vícios de uma loja ou negócio físico; ter uma boa vitrine; e atender sempre de forma humanizada. Esses são pontos que fazem a diferença para o sucesso da transformação”, completa Thiago Dias.



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo