Como os novos conhecimentos e pesquisas atuais sobre a genética pode auxiliar no diagnóstico precoce para os transtornos de neurodesenvolvimento

Ana Silva
Ana Silva
3 min. para leitura
Como os novos conhecimentos e pesquisas atuais sobre a genética pode auxiliar no diagnóstico precoce para os transtornos de neurodesenvolvimento

O artigo com a participação da Logos University International, UNILOGOS, com acompanhamento do Dr Henry Oh mostra como os novos conhecimentos auxiliam prognóstico mais assertivo para transtornos de neurodesenvolvimento.

Desenvolvido com a participação Logos University International e com o acompanhamento do DR Henry Oh, o artigo publicado pela revista científica Cognitionis traz à tona a genética dos Transtornos de Neurodesenvolvimento como o autismo, o TDAH e a epilepsia. Em análise feita pela autora da pesquisa, a mestranda Wanessa Rodrigues, pode-se observar que a utilização de novas pesquisas na área se tornam primordiais para um maior esclarecimento e também um diagnóstico precoce.

De acordo com os estudos, muito se tem discutido recentemente, acerca da Genética e sua influência nos Transtornos de Neurodesenvolvimento, e sobre a sua alta herdabilidade, ou seja, fatores genéticos favorecem que eles ocorram, no entanto, suas origens podem estar relacionadas às alterações ou fatores de risco ambientais que acontecem nos períodos iniciais do desenvolvimento.

Apresentado na revista Cognitionis, e com revisão da professora Grasiele Reisdörfer, a pesquisa teve como objetivo o apresentar as

contribuições relevantes da Genética, elucidando sobre os fatores de hereditariedade dos Transtornos de Neurodesenvolvimento, além de buscar compreender os mecanismos genéticos e neurobiológicos que participam significativamente destes transtornos.

A pesquisa em questão, acompanhada pelo Dr Henry Oh, também reforçou a importância do desenvolvimento de pesquisas na área para melhor compreensão, possibilitando reflexões e questionamentos sobre a temática.

Sobre o Dr Henry Oh

Dr. Henry Oh possui vários títulos em sua carreira, dentre elas: Terapeuta Respiratório, Médico Tecnologista, Especialista em pediatria neonatal, biólogo, cientista, PhD, Presidente do Departamento e Professor Clínico de Ocupações de Saúde na Universidade Estadual de Idaho.

Em 2018, recebeu o título de doutor honorário em humanidades (D.Hum) do Instituto Internacional de Líderes. Também foi reconhecido como um empreendedor de destaque em medicina e ciências aliadas em 2017 pelo Asia Pacific Excellence Awards.

Em 2013, foi eleito o Professor Mestre de Honra da Kappa Delta Pi International Society in Education. Ele é membro da Associação de Cientistias Clínicos e da Sociedade Real de Biologia do Reino Unido. Também faz parte da Sociedade de Respirologia do Pacífico Asiático.

Foi recentemente reconhecido como Professor de Ano em Ciências da Saúde nos Estados Unidos pela Associação de Cientistas Clínicos. Ele é o ex-presidente da Lambda Beta Society, uma sociedade nacional de honra para terapeutas respiratórios nos Estados Unidos e também é vice-presidente da Sociedade Estadual de Tecnólogos Médicos Americanos de Utah.

Dr. Henry Oh recentemente assumiu uma posição de liderança como presidente da Lambda Beta Society, que é uma sociedade de honra nacional para terapia respiratória nos Estados Unidos. Também foi agraciado com o Prêmio de Mérito Excepcional da American Medical Technologists, Inc.



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo