Com mercado de saúde aquecido, faculdade lança especializações em Saúde Pública

Angelo Peterson
Angelo Peterson
6 min. para leitura
Com mercado de saúde aquecido, faculdade lança especializações em Saúde Pública

O mercado de trabalho oferece muitas vagas para profissionais especializados em medicina comunitária e saúde pública, e são esses profissionais que estão aptos a solucionarem os inúmeros desafios enfrentados pela área. Segundo o Dr. Luiz Hargreaves, coordenador de cursos da UnyleyaMED, algumas medidas precisam ser tomadas na área da saúde pública, a começar pela educação.

“A população precisa ser educada para que haja a prevenção de diversas doenças. Ações de higiene e conscientização sobre a importância da imunização de crianças e adultos de acordo com o calendário de vacinação, também são necessárias para um melhor controle das epidemias. Outra questão preocupante é com relação à preparação da comunidade para identificação de riscos e resposta em situações críticas, e às questões relacionadas à saúde e o meio-ambiente, bem como a melhora à assistência na atenção primária em saúde”.

Ele explica que o profissional pós-graduado na área conhece as diversas nuances, desafios, e as melhores práticas e modelos gerenciais e assistenciais voltados para a resolução de questões sociais e humanitárias.

Recentemente lançado, o curso de pós-graduação em Medicina Comunitária e Saúde Pública da UnyleyaMED – vertical Médica com cursos destinados exclusivamente para Médicos, da Unyleya – uma das primeiras Instituições de Ensino 100% EAD (Educação a Distância) do Brasil, vem para suprir a carência do mercado por profissionais qualificados.

Com metodologia totalmente digital, sem a necessidade de aulas presenciais, o curso oferece videoaulas exclusivas, experiências humanizadas e imersivas, professores médicos com atuação no Brasil e exterior e certificado de pós-graduação Lato Sensu autorizado pelo MEC (Ministério da Educação).

O curso da UnyleyaMED possibilita que o pós-graduado atue e ocupe posições tanto na Medicina Comunitária, como também na Saúde Pública, pois ambas as áreas se completam e caminham juntas. Sendo assim, o médico que atua na área possui uma visão voltada para os desafios e questões relacionadas à prevenção de doenças e agravos de saúde na comunidade, bem como às medidas que visam mitigar riscos e reduzir o impacto de ameaças à Saúde Pública. Também atua na área assistencial, sobretudo em programas voltados para o diagnóstico e tratamento de doenças, adotando estratégias em conjunto com equipes de Saúde da Família, e gerenciando ou dando suporte à rede de atenção primária à Saúde.

Mercado de Trabalho

Os profissionais que atuam nesse campo do conhecimento, podem trabalhar em órgãos públicos, nas secretarias de saúde, em organizações não governamentais e humanitárias, nas forças armadas, dentre outras possibilidades, incluindo a acadêmica. Atuam em diversos níveis, desde o operacional na execução de medidas voltadas para a comunidade, como também na gestão e na elaboração de diretrizes e políticas públicas em saúde, e dessa forma exercem cargos compatíveis com sua área e campo de atuação.

De acordo com Hargreaves, há uma demanda muito grande tanto para profissionais com formação em Medicina Comunitária como em Saúde Pública. Os desafios são muitos, pois envolve a adoção de políticas públicas e programas de saúde, ao mesmo tempo que requer uma excelente interação com a comunidade, de tal forma a implementar medidas de prevenção, controle e cuidados em saúde que atingem pessoas nas mais diferentes camadas sociais e faixas etárias. “O Brasil é um país com dimensões continentais, onde a assistência à saúde nem sempre é uma realidade, com locais que enfrentam endemias e epidemias com frequência e áreas situadas em zonas de risco para emergências e desastres”.

A média salarial para este profissional pode variar muito dependendo do Estado, município e o governo federal.  Trata-se de um campo da medicina que pode ser exercido tanto em grandes centros, como em cidades de médio e pequeno porte e áreas remotas. O teto salarial do Médico de Saúde Pública, por exemplo, é de R$ 17.659,29, segundo pesquisa do Salario.com.br junto a dados oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web. Concursos públicos para médicos em postos de saúde de cidades do interior podem oferecem salários de cerca de R$ 20.000,00, de acordo com pesquisa realizada em 2013 pelo Instituto de Política Econômica Aplicada (IPEA).

Diferenciais dos cursos EAD da Unyleya

UnyleyaMED oferece a mais inovadora experiência em educação online na área da Medicina. Sua plataforma 100% digital, permite que o aluno estude de onde e quando quiser. O pós-graduando também otimiza tempo, uma vez que há uma disciplina por mês, proporcionando mais imersão e aproveitamento do conteúdo. Ele também conta com a plataforma paciente Paciente 360® – inédita em Pós-Graduação da área médica, para simulação de casos clínicos com pessoas reais, acompanhamento com professores e interações humanizadas nos atendimentos a pacientes, metodologia de aprendizagem ativa, a qual possibilita criar rotinas de estudos com conteúdos integrados em multiformatos e temas contemporâneos.

O curso de pós-graduação em Medicina Comunitária e Saúde Pública conta com uma grade curricular que aborda não apenas os temas clássicos da Saúde Pública como a Epidemiologia, Bioestatística, Vigilâncias em Saúde e a relação com o meio-ambiente, como trata de temas bastante atuais e complexos, como o monitoramento e controle de epidemias. Também são analisados estudos de caso que envolvem epidemias, desastres e emergências complexas.

Para saber mais sobre o curso e grade curricular, acesse: https://unyleyamed.com.br/pos-graduacao/curso/medicina-comunitaria-e-saude-publica/

 



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo
Seguir:
"Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu. Sarah Westphal