Camaçari: Barra do Jacuípe recebe ação de combate ao trabalho infantil

Ana Silva
Ana Silva
4 min. para leitura
Camaçari: Barra do Jacuípe recebe ação de combate ao trabalho infantil

A Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes) promoveu na manhã desta sexta-feira (18/3), na praia de Barra do Jacuípe, na costa do município, mais uma etapa da ação de conscientização e enfrentamento ao trabalho infantil. A atividade, que tem a temática Brincar É Minha Praia – Chega de Trabalho Infantil, foi apresentada para comerciantes, moradores e banhistas, por meio de panfletos informativos e cartazes distribuídos pela equipe. A iniciativa também contou com a animação do grupo cultural Charanga Popular de Abrantes.

Assim como aconteceu nas semanas anteriores, nas Praias de Jauá e Arembepe, a equipe técnica promoveu a atividade na faixa de areia e conversou com transeuntes nos arredores da praia. A mobilização, que faz parte das ações do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), é realizada pela Coordenadoria de Proteção Especial (CPE) e também integra as atividades do Programa Prefeito Amigo da Criança (PPAC).

Na ocasião, a secretária Reni Oliveira, falou sobre a mobilização, que ocorre há cerca de um mês. “Assim como já fizemos em outras praias, estamos aqui hoje, conversando com as pessoas e levando essa mensagem, com a intenção de alertar e reforçar a importância de garantir que as crianças tenham uma infância bem desenvolvida e longe de práticas degradantes, que as expõem e exploram de alguma forma”, falou.

A técnica do Peti, Carolina Bulhões, reforçou a necessidade de conscientizar as pessoas sobre o tema. “A população precisa ter ciência de que o trabalho infantil causa consequências na vida da criança e do adolescente, tanto no presente como em longo prazo. Muitas vezes, essas crianças não possuem estrutura física e nem psicológica para fazer certas coisas, sem falar nos riscos que elas são expostas. Por isso, nós estamos em mais um dia de mobilização fazendo esse alerta”, ressaltou.

A turista paranaense, Meire Nascimento, parabenizou a ação. “A prefeitura está de parabéns em abordar esse assunto. Realmente é um trabalho de formiguinha, mas que deve ser feito para abrir os olhos da população, de que a prática não é correta. Realmente é uma ação muito válida”, disse.

Proprietária de uma barraca, a comerciante Tatiana Batista, afirmou que não vê com frequência crianças trabalhando na região, mas enfatizou que o trabalho de conscientização é de extrema relevância. “Aqui em Jacuípe é muito raro a gente ver crianças trabalhando, graças a Deus. Não quero dizer, que não tem, mas não vemos tanto, como em outros lugares. Porém, essa mobilização é muito importante, porque há pessoas que realmente não entendem que isso é errado”, concluiu.

A atividade envolveu servidores do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Serviço de Abordagem Social, do Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua (Centro Pop), e também contou com o apoio do Conselho Tutelar. Neste sábado (19/3), a atividade será realizada em Guarajuba.

Foto: Adeilson Carvalho



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo