Be Natural: retorno à beleza original é a nova tendência

Ana Silva
Ana Silva
4 min. para leitura
Be Natural: retorno à beleza original é a nova tendência

Após a febre dos procedimentos estéticos em busca de uma padronização e do sorriso considerado perfeito, muitas pessoas têm feito o caminho inverso e optado cada vez mais por uma aparência natural. É nesse sentido que a ortodontista Candice Belchior defende o conceito Be Natural, de valorização da beleza original de cada pessoa.

“A moda está começando a mudar. Campanhas publicitárias de grandes marcas estão investindo nessa ideia. Também já é possível observar o crescente número de artistas e influenciadores arrependidos de suas próteses de silicone e harmonizações faciais. Percebi esse movimento também entre os meus pacientes, que me procuraram por demonstrar uma não apreciação às lentes de contato dentais e pelo desejo de algo natural”, conta a dentista.

De acordo com ela, apesar de mais longos, os tratamentos ortodônticos trazem resultados permanentes. “A depender do caso, será necessário que o paciente atravesse um processo de alguns meses ou anos. No entanto, o resultado será o seu sorriso natural para o resto da vida”, afirma Candice.

Os procedimentos odontológicos compreendem uma interdisciplinaridade para melhorar os resultados. São eles a ortodontia, especialidade que auxilia diretamente na estética do sorriso, com o alinhamento, nivelamento e encaixe dos dentes. Há também a periodontia, especialidade responsável pela saúde e estética da gengiva. Para completar, o clareamento dentário realça o branco do sorriso, de acordo com as expectativas de cada paciente.

“A realização de consultas de prevenção, com periodicidade estabelecida com seu dentista, aproximadamente a cada seis meses, é fundamental para a manutenção da saúde oral e garantia de estabilidade dos resultados. Estes procedimentos inspiram cuidados, vaidades, saúde e função, preservando a beleza de cada indivíduo e garantindo um envelhecimento natural do sorriso”, declara Candice.

O perigo da ostentação

Para Candice, as lentes de contato hoje simbolizam não apenas a conquista da estética e simetria do sorriso, mas também fazem parte da cultura da ostentação e do consumo. “Por conta dos altos valores empregados neste procedimento, ele é mais facilmente encontrado entre as pessoas da alta sociedade, artistas, músicos e atores. Inclusive, por conta do imediatismo do resultado. Em poucas sessões é possível chegar ao sorriso final e deixar a imagem pronta para ser exposta em mídias sociais”, afirma.

No entanto, na maioria dos casos, as lentes de contato não seriam o tratamento ideal para algumas pessoas. “É raro encontrar um paciente que não necessite de tratamentos prévios preparatórios para condicionar os dentes para receber as lentes. Desta maneira, passos importantes podem ser desprezados, como o uso de aparelho ortodôntico ou a realização de cirurgias, devido à falta de tempo ou falta de predisposição para atravessar estes procedimentos prévios. Consequentemente, mais desgastes dentários serão necessários para compensar a não realização de determinados procedimentos’, explica a dentista.

De acordo com ela, o uso de lente de contato nos dentes deve ocorrer apenas em situações específicas e não em casos que outros procedimentos odontológicos seriam possíveis para alcançar resultados muito semelhantes sem a invasividade das lentes.

Sobre Candice Belchior

Drª Candice Belchior, especialista e mestre em Ortodontia, doutoranda em Odontologia e vice-presidente da Associação Brasileira de Ortodontia – Seção Bahia (ABOR-BA).



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo