Atividades no contraturno escolar ajudam a diminuir o déficit educacional

Ana Silva
Ana Silva
4 min. para leitura
Atividades no contraturno escolar ajudam a diminuir o déficit educacional

Com a meta de transformar vidas individuais, famílias e contribuir para uma nação mais justa e igualitária, a Fundação Edmílson oferece cursos no contraturno escolar que vão além dos conteúdos formais e vão em busca fazer a diferença e virar o jogo no desenvolvimento de crianças carentes.

“O contraturno escolar não existe para ‘ocupar a criança’ ou ‘deixar a família com tempo para outras atividades’, é uma ferramenta de integração social e autoconhecimento. Aqui não punimos pelas dificuldades, mas orientamos e ajudados em suas capacidades e desenvolvemos habilidades necessárias para o futuro e de acordo com o perfil de cada um”, destaca a Coordenadora Geral, Erika Brahim.

Esse complemento à grade educacional mais tradicional oferece diversos benefícios, mas para que seja efetivo precisa ser trabalhado com profissionais capacitados e capazes de identificar defasagens educacionais, dificuldades de aprendizado e reconhecendo barreiras culturais, cognitivas ou emocionais que podem ser resolvidas dentro do ambiente da Fundação por meio da sua abordagem pedagógica diferenciada.

Porém, a situação de vulnerabilidade social, é um obstáculo que a Fundação Edmílson procura vencer todos os dias. Por isso, possui um time multidisciplinar que consegue ajudar as crianças no desenvolvimento tanto social e humano, potencializando sua formação cidadã, desenvolvendo a empatia, a responsabilidade e o pensamento crítico.

 

“Lutamos para que os jovens desenvolvam um pensamento crítico e valorizem suas ideias com conhecimentos complementares que envolvem ensino técnico, humano, científico e social, para não se tornarem jovens alienados ou dominados pelo mundo do crime. Acreditamos que é primordial conscientizar a todos sobre a importância de garantir uma boa formação social, educacional e de valores para as crianças”, conta Erika.

 

Atividades e benefícios oferecidos pela Fundação

A Fundação Edmílson atende gratuitamente crianças e adolescentes inserindo-as em atividades esportivas, culturais e em informática como Futebol de Campo, Karatê, Voleibol, Basquete, Natação e Atletismo, ou ainda programas complementares de Leitura e Cultura, Dança, Ballet, Hip-Hop, Coral, Teatro, Batucada e Música que auxiliam em competências como:

 

Desenvolvimento socioemocional (equilíbrio emocional) – Capacidade de reconhecer e saber lidar com as próprias emoções, entender as emoções do outro, mediar conflitos e solucionar problemas com sabedoria. O esporte atua nessa etapa como uma ferramenta de consciência coletiva, determinação, disciplina e formação de caráter.

 

Desenvolvimento da comunicação – É na arte que o aluno encontra a oportunidade de se expressar e de aumentar a criatividade e ainda aprende a colocar na prática conceitos como concentração, fortalece a memória, raciocínio e disciplina. A arte possui um aprendizado mais dinâmico e alegre que também melhora a interação.

Atividades no contraturno escolar ajudam a diminuir o déficit educacional

Sociabilização – O ambiente da Fundação valoriza e incentiva a troca entre os alunos. Além do esporte, que traz para o dia a dia o conceito do trabalho em equipe, as músicas e as atividades relacionadas à arte melhoram a sensibilidade e a empatia.

 

Autoconhecimento – Respeito a si próprio, reconhecendo seus atributos e valorizando-os.

Ao compreender sua forma de expressão, é também saber como ler o mundo à sua volta e desenvolver uma visão e uma reflexão crítica do entorno.



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo