Almir Chiaratti transforma álbum “Frágil” em sessão ao vivo com vídeo intimista

Depois de surpreender com novos caminhos experimentais para a MPB, mesclando tons orgânicos e retrô com elementos eletrônicos, o cantor, compositor e multi instrumentista Almir Chiaratti mostra outras cores de “Frágil”, seu segundo disco. A sessão em vídeo “Frágil Ao Vivo do Quarto” é a celebração de um trabalho maduro que não pode ganhar os palcos durante a pandemia, mas que agora recebe um mergulho mais profundo e intimista.

Assista a “Frágil Ao Vivo do Quarto”: https://youtu.be/xsLKVctxa_k

Chiaratti faz uma performance visceral em formato reduzido, com vocal e guitarra. Ao longo dos cerca de 30 minutos, o artista apresenta arranjos inéditos para canções como “Mãe Terra”, “Mundo d’Água” e “SuburbiaPunk”, alguns dos destaques do disco. O “quarto” do título é o espaço de trabalho de Almir, com cenografia temática de seu universo criativo.

Novo nome da MPB alternativa nacional, ele soma os predicados de compositor, cantor, poeta, produtor e realizador audiovisual com os pés firmados na canção brasileira e na MPB raiz dos anos 60. O artista acredita em uma estética suburbana da canção, democrática e capaz de se popularizar para além do eixo centro-zona sul do Rio de Janeiro.

Ouça “Frágil”: https://ingroov.es/fragil

Chiaratti estreou a carreira solo em 2015 com o álbum de influências da MPB tropicalista dos anos 70: “Bastidores do Sorriso”. O artista contabiliza 3 EPs lançados entre 2016 e 2021 que apresentam influências da Vanguarda Paulista, Arrigo Barnabé, Tom Zé e Itamar Assumpção. Entre eles, a faixa “TRIZ”, lançada em 2017, se destaca pelos mais de 100 mil streams apenas no Spotify. No mesmo ano, Chiaratti realizou a primeira turnê em Portugal. Em 2021, lançou o 2° álbum, com sonoridades eletro-orgânicas, produzido por Federico Puppi (indicado ao Grammy em 2014 e ao Grammy Latinno em 2015).

Atualmente, Chiaratti se dedica a turnê de “Frágil” e promove a pré-venda de seu 1º livro de poemas, “Fissão: Juntar Sílabas Como Quem Separa Átomos”, a ser lançado em 2022 pelo selo doburro (SP).

Enquanto isso, a realização de “Frágil Ao Vivo do Quarto” foi possibilitada pelo edital Cultura Presente nas Redes 2, através do Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro. Em breve, o disco ganha os palcos em formato presencial, com evento a ser anunciado no Rio de Janeiro.

*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.