Advogado aponta profissões mais bem remuneradas nos Estados Unidos

Ana Silva
Ana Silva
4 min. para leitura
Advogado aponta profissões mais bem remuneradas nos Estados Unidos

Muitos brasileiros veem nos Estados Unidos uma oportunidade para melhores salários e obter reconhecimento em sua área de atuação e essa premissa, em muitos casos, é verdadeira.

Daniel Toledo, advogado que atua na área do Direito Internacional, fundador da Toledo e Associados e sócio do LeeToledo PLLC, escritório de advocacia internacional com unidades no Brasil e nos Estados Unidos, relata que algumas profissões são extremamente bem remuneradas no país e ainda pontua os maiores salários, em média, dos EUA. “Algumas dessas profissões pedem a validação do diploma como, por exemplo, os médicos. Caso seu filho queira fazer medicina e você já pensa em se mudar para os Estados Unidos, talvez seja bom começar o curso na América do Norte para que ele não precise fazer uma validação, já se formando com a possibilidade de receber alguns dos salários mais altos do país”, explica.

A profissão mais bem remunerada nos EUA é a de anestesista. “A média anual de salário desse tipo de profissional fica em torno de US$ 271.440,00. Ao fazer uma cirurgia, muito provavelmente o anestesista terá um valor considerável na conta”, revela o advogado.

Logo abaixo, estão os cirurgiões odontológicos, ocupação que também pede a validação de diploma para imigrantes. “O salário de um cirurgião dentista aqui nos Estados Unidos é de, em média, US$ 234.990,00 por ano”, conta Toledo.

Segundo o especialista em Direito Internacional, algumas das profissões mais bem remuneradas fazem parte da área de atuação de muitos brasileiros que querem se mudar para os Estados Unidos. “Essas profissões não precisam de validação de diploma, o que facilita a vida de imigrantes que atuam em alguns setores. Dentre elas, a mais bem remunerada diz respeito aos profissionais de TI, que conseguem, em média, um salário anual de US$ 161.730,00, mais ou menos treze mil dólares por mês”, pontua.

De acordo com Toledo, a atuação na gerência de médias e grandes empresas também pode render um bom salário, seja na área de finanças, marketing ou vendas. “Brasileiros são reconhecidos mundialmente pelo seu desempenho e criatividade na área de marketing e essas habilidades podem ser bem recompensadas nos Estados Unidos, que oferecem um salário médio de US$ 154.470,00 por ano para esses profissionais. Gerentes de finanças ou de vendas também são bem recompensados, com salários que beiram os US$ 151.510,00 anuais”, relata.

Existem muitos profissionais que atuam nesses setores no Brasil, mas muito provavelmente não conseguem salários próximos a esses. Isso acontece por diversos motivos, e o advogado relata que essa é uma das principais razões para profissionais buscarem o processo de imigração para os Estados Unidos. “O Brasil não costuma valorizar esse tipo de profissional, mas ele é valorizado fora do país. Comparando os salários dos dois países, com certeza absoluta é possível enxergar um cenário extremamente diferente, pois os Estados Unidos oferecem muito mais vantagens para os trabalhadores em relação ao Brasil”, finaliza.



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo