A importância da saúde financeira para o crescimento das micro e pequenas empresas

Angelo Peterson
Angelo Peterson
3 min. para leitura
man standing near high-rise building

Ganhar dinheiro fazendo o que gosta é uma das principais motivações de quem decide empreender. Mas as habilidades necessárias para garantir o sucesso do empreendimento vão além do domínio da atividade principal do negócio. O futuro empresário precisa ter um cuidado especial com as finanças. Afinal, para manter-se no mercado é preciso dar lucro e, para isso, ter o controle das contas é fundamental.

A saúde financeira é importante para que a empresa consiga ter fôlego para continuar investindo e crescendo. E também manter uma reserva para enfrentar situações de crise.

As micro e pequenas empresas devem, por iniciativa própria, estabelecer uma prática constante de reserva de parte do caixa para essas finalidades. Nas grandes empresas, esta é uma realidade comum. A lei das S.A. (Sociedades Anônimas) exige que uma parte dos lucros seja incorporada ao patrimônio líquido da empresa, em uma conta de reserva de lucro, com a finalidade de assegurar a operação da empresa ao longo do tempo, fortalecendo sua condição econômica.

A primeira e grande lição para os pequenos empreendedores é separar as finanças pessoais das finanças da empresa.

Tenha uma planilha simples, com as principais informações do seu negócio, como faturamento, custos associados e despesas fixas e variáveis da empresa. Depois de apurar o lucro líquido mensal do negócio, verifique quanto será possível reservar logo de início, para que esse valor possa cobrir ao menos seis meses das despesas, incluindo sua retirada, e também uma previsão de investimentos em curto e médio prazos.

É importante não deixar esse dinheiro simplesmente parado em uma conta corrente. No seu banco, você pode procurar saber quais as aplicações que melhor estejam remunerando o capital mês a mês, para que o dinheiro da reserva também traga resultados financeiros para a empresa.

Outro caminho é investir esse dinheiro no mercado de ações. E, nesse caso, são basicamente duas formas de ganhar dinheiro:  comprar ações de uma empresa e mantê-las para ficar recebendo os dividendos referentes à sua quota de ações ou comprar as ações e vendê-las depois, por um preço mais alto. Mas é importante lembrar que, antes de se arriscar no mercado financeiro, é importante se preparar, estudar e conhecer os mecanismos para não correr o risco de perder todas as suas reservas.

O mercado financeiro pode ser uma ótima opção para turbinar as reservas da sua empresa. Afinal, uma sólida reserva financeira trará mais segurança para o seu negócio e mais tranquilidade para você concentrar sua energia e talento no que mais gosta de fazer.

 

Rogério Araújo é gestor e consultor financeiro, especialista em investimentos, fundador da Roar Educacional Consultoria e líder educacional na Empiricus Investimentos



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo