7 dicas para uma navegação segura na internet

Só no Brasil 152 milhões de pessoas têm acesso à internet, o que representa 81% dos lares, segundo dados do Cetic.br (Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação). Pensando nisso e tendo como pano de fundo o Dia da Internet Segura celebrado em 8 de fevereiro, a ZENVIA, plataforma que empodera as empresas para criarem experiências únicas de comunicação para seus clientes finais, lista sete cuidados para proteger seus dados. As dicas são de Lilian Lima, CTO da empresa.

1. Atualização de softwares e aplicativos

Pode parecer algo sem muita importância, mas não realizar as atualizações periódicas recomendadas para sistemas, softwares e aplicativos pode significar a abertura das portas para o acesso aos dados armazenados. Isso porque ao rodar uma atualização, são verificados e corrigidos todos os pontos de vulnerabilidade, reforçando a segurança. Por isso, pense bem antes de apertar o botão de não para uma atualização confiável da próxima vez.

2. Senhas

Antes de criar uma senha, faça a seguinte pergunta: eu seria capaz de descobri-la facilmente com acesso a poucos documentos e buscas em redes sociais, por exemplo? Caso a resposta seja sim, é o caso de buscar uma outra alternativa.

Um bom caminho é fugir completamente das combinações óbvias, como sequência de números (123456, por exemplo), nome, data de aniversário ou dia do casamento. Esses são dados que podem ser encontrados facilmente.

Aposte em combinações que façam sentido somente para você, com letras (maiúsculas e minúsculas), números e caracteres especiais, se possível. Também, não repita senhas e as atualize frequentemente. E se for difícil memorizá-la, conte com um programa confiável de gestão de senhas, que utilize criptografia de dados.

3. Downloads e anexos

Ao receber um arquivo que necessite de download, tanto no celular quanto no computador, é preciso ter certeza da origem. Segure a curiosidade – que não é boa amiga nessas horas – e faça perguntas como: “conheço o remetente?”, “essa pessoa me mandaria isto?” e, para adicionar uma camada de segurança, pergunte à pessoa se ela realmente fez o envio. Com base nas respostas, você deve ser capaz de avaliar se é um conteúdo confiável. Ainda assim, observe se o antivírus e o firewall estão instalados e devidamente atualizados. O mesmo vale para anexos.

4. Verificação em duas etapas e acessos

Uma segurança extra que é importante ter é o hábito de utilizar, quando possível, a verificação em duas etapas (2FA), em que você pode se logar para ver seu e-mail, por exemplo, mas antes de o acesso ser liberado, receber uma chave ou um pedido de confirmação no seu celular. Assim, você coloca um nível a mais de segurança e consegue descobrir se alguém está tentando acessar seus dados sem autorização e, então, tomar as ações necessárias (como trocar a senha, por exemplo).

Já para as empresas vale, além desse cuidado, ter assertividade quanto a liberação de acessos. Os níveis mínimos de acesso para a execução do trabalho tendem a funcionar muito bem.

5. Redundância com backups periódicos

Em termos de TI, a palavra redundância indica a duplicação de componentes críticos, que aumentam a confiabilidade e a segurança de um sistema. Tais componentes são geralmente relacionados a dados, como os backups. Ou seja, tenha o hábito de ter uma cópia de todos os seus dados críticos em um outro local. E garanta que essa cópia seja feita rotineiramente, em um intervalo de tempo adequado ao seu perfil.

6. Proteção contra vírus

Um bom antivírus instalado é o básico para manter suas informações em segurança, pois é eficaz na detecção de ameaças virtuais. Mas um cuidado é fundamental para que o software continue desempenhando o seu papel: fazer as atualizações recomendadas.

7. Análise de vulnerabilidade e proatividade

Quando se fala em segurança, é importante ter uma postura proativa. Isso quer dizer: analisar constantemente as vulnerabilidades em todos os seus ambientes –  seja por meio de software, equipe ou com um parceiro confiável – com sugestões de reparos que precisem ser realizados. Isso vai gerar maior proteção, sem dúvida.


*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Ana Silva
"Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você. Cynthia Kersey Bem, isso resume meu 2022 :)