3 insights para melhorar o desempenho da publicidade no LinkedIn

Ana Silva
Ana Silva
3 min. para leitura
3 insights para melhorar o desempenho da publicidade no LinkedIn

A diferença entre uma campanha publicitária bem-sucedida e um fracasso pode ser algo tão particular quanto definir se o seu anúncio será veiculado em ambientes internos ou externos, para onde uma modelo precisará direcionar seu olhar para chamar a atenção do público-alvo ou se o vídeo deve apresentar (ou não) texto nos primeiros 2 segundos.

Por isso, se uma empresa almeja ter sucesso em publicidade, principalmente pensando nas peculiaridades de cada rede social, é necessário agir estrategicamente. Em um novo estudo de anúncios em vídeo no LinkedIn, a VidMob, plataforma líder mundial em Inteligência Criativa, examinou mais de 265 mil anúncios gerando um total de 1,6 bilhão de impressões e, com isso, extraiu alguns insights que as organizações podem aplicar em seus anúncios.

Para isso, foram analisados os principais elementos visuais de cada mídia — desde as cores usadas até as expressões faciais dos modelos. Em seguida, esses resultados foram comparados com as métricas de desempenho de cada campanha para determinar quais técnicas tiveram o maior efeito sobre os consumidores.

“Para chegar nesses insights, analisamos criativos específicos do setor de tecnologia e serviços financeiros, chegando a iniciativas práticas recomendadas para os clientes que desejam aplicá-las imediatamente, tornando suas ações estratégicas e, consequentemente, melhorando o seu desempenho no LinkedIn”, explica Miguel Caeiro, Head Latam da VidMob.

Diante disso, separamos algumas dicas que podem fazer a diferença nos anúncios no LinkedIn. Confira!

Crie com o coração.

Os consumidores respondem à emoção. A taxa de visualização, definida como a visualização de um vídeo por pelo menos 2 segundos, foi 74% maior para anúncios em que os modelos tinham expressões faciais particularmente animadas e emotivas (em comparação com modelos que tinham afetos neutros e silenciosos). Quando os modelos transmitiam emoções felizes, a taxa de conversão foi 22% maior.

Vá direto ao ponto.

Os consumidores parecem preferir anúncios que os abordem diretamente. Quando a publicidade foi direto ao ponto principal de interesse do consumidor, a taxa de visualização foi 6% maior que a média do setor e a taxa de conversão foi 11,5% maior.

Traga o ousado e bonito.

Os consumidores respondem bem a visuais mais atraentes, especialmente para anúncios tecnológicos. A possibilidade de abrir uma mídia em um smartphone ou outro tipo de dispositivo eletrônico sem ruído aumentou as taxas de conversão em mais de 17% e a taxa de visualização em 2,7 vezes a média do setor.

Para mais insights e descobertas é possível baixar os nossos guias sobre serviços financeiros e insights de tecnologia. Você vai conseguir entender o que é necessário para que os seus anúncios se destaquem de maneira eficiente, sem achismo, com base em estudo de dados.



*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe este artigo